Capelania prisional clama pelo som da chuva!

Capelania prisional clama pelo som da chuva!

Enquanto o abastecimento de água estiver reduzido, os batismos não podem ser realizados

No dia 11 de outubro, seria realizado o desejo de 30 mulheres na Penitenciária Feminina em Santana (São Paulo, SP), mas, devido ao racionamento de água, a equipe de Capelania Prisional ficou impossibilitada de realizar o batismo.

O batismo foi remarcado para o final de semana seguinte (18/10), mas novamente não foi possível, pois, por Ordem Judicial, está proibida a utilização de água para a realização de batismos em unidades prisionais, sendo justa a conscientização, pois a água utilizada não é reaproveitada posteriormente.

Por esse motivo, contamos com o clamor de todos os irmãos em Cristo, pois assim que restabelecer o abastecimento, poderemos cumprir a ordem do Senhor Jesus.

Porém Deus, mesmo em meio às lutas, nos concede vitórias, e no dia 18 de outubro realizamos a Cerimônia de Santa Ceia na Penitenciária Feminina, da qual participaram cerca de 250 mulheres reclusas, num momento de muita festa espiritual, juntamente com a equipe.

“Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor: como a alva, será a sua saída; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” (Oséias 6.3).

 

Solange de Oliveira, coordenadora geral da equipe de Capelania Prisional e Wagner Monteiro, auxiliar de coordenação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: