Artigos Demi

Pastor, um presente para a Igreja

Um pai, um irmão, um intercessor, um exemplo, dependente da graça de Deus

E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres” – Ef 4.11.

Jesus é o presenteador por excelência. Doou-se por inteiro na cruz como presente para a humanidade – Jo 3.16. Depois para aqueles que, pela fé, aceitam a graça oferecida na cruz, trazendo-lhes para Si mesmo, formando um Corpo, do qual é o Cabeça – Ef 1.22, 23.

E ao Corpo de Cristo, também denominado Igreja, sob a regência do Espírito Santo, os salvos são capacitados, nas mais diversas áreas. Estas capacitações ocorrem através do desejo divino, expresso em Ef 4.12: “Com vistas ao aperfeiçoamento dos santos, para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo”. O Senhor quer que o seu povo tenha uma unidade perfeita, que cresça espiritualmente, que o conheça continuamente, tornando-se Ele próprio modelo e alvo: “Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, a perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo.” – Ef 4.13.

Neste sentimento indesistível de Cristo, neste “até”, Ele presenteou “uns para apóstolos”, que foram os doze discípulos e mais tarde Paulo, enviados como desbravadores do cristianismo e solidificando a fé cristã. “Outros para profetas”, que foram os pregadores inspirados e com autoridade em situações específicas, sendo em nossos dias, irmãos com o dom de profecia e não como ministério. “Outros para evangelistas” cuja missão é aliançar vidas com a mensagem da salvação que advém da cruz. E por último, “outros para pastores e mestres” que são os responsáveis por todos os membros do Corpo de Cristo, no dia a dia, dando provisão, proteção, coordenação, equipando os salvos através do conhecimento e ensino. Assim, um pastor é um presente de Cristo para a igreja. Uma dádiva para o coletivo, o corpo espiritual de Cristo. É evidente que o valor de um pastor como um presente excede o significado emocional e nos remete ao espiritual.

E o que mais a Bíblia diz sobre a missão de um Pastor?

  • Um pai, um irmão e um filho – 1 Timóteo 5.1 e 2.
  • Um intercessor – Hebreus 13.17.
  • Um exemplo – 1 Pedro 5.3.
  • Uma estrela – Apocalipse 1.20.
  • Um anjo ou “mensageiro”– Apocalipse 2-3.

A Bíblia, porém, não diz que ele é um “super-herói” ou uma pessoa infalível. A igreja ou campo missionário não é um estúdio cinematográfico. Ao contrário, um campo de batalha espiritual. E o pastor, um cristão como todos, que sofre o que todos sofrem, que vive a guerra interior do Espírito contra a carne, conforme Romanos 7, mas que um dia aceitou ao chamado de Cristo. E que, para isso, aprendeu a palavra “renúncia”. Sendo a primeira delas a financeira e chegando até à renúncia dos familiares, dos amigos, da sua cidade… para tão somente cuidar da noiva e apresentá-la em toda a sua beleza e esplendor a Jesus, o Noivo – Ef 5.25-27.

Obrigado pastor ou missionário (a) pelo seu “sim” a Cristo. Parabéns pelo seu dia!

A você e a sua família, nosso abraço e oração.

DEMI – Departamento Ministerial

21/07/2017

Dia do Pastor

Pastor, um presente para a Igreja Um pai, um irmão, um intercessor, um exemplo, dependente da graça de Deus “E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, […]
13/07/2017

Fuja do esgotamento

Atitudes simples, para um estilo de vida equilibrado Em março último, a multinacional norte-americana Johnson & Johnson anunciou um programa intensivo de cuidados pessoais e de […]
07/07/2017

Como vai? Tudo bem!

Com a “resposta pronta” perdemos a chance de que alguém ore por nós “Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.” […]
26/06/2017

Com o cesto na mão

Mesmo que se sinta pequeno, distribua, pela fé, os pães e peixinhos “Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas […]