Compartilhando os tesouros da palavra de Deus

Compartilhando os tesouros da palavra de Deus

Lições bíblicas atraem mais alunos e chegam a lugares inimagináveis

Atrair sete mil novos alunos para o estudo das lições bíblicas, de 2006 para cá, só foi possível pela graça de Deus e dedicação intensa do Depar­tamento de Educação Cristã (DEC), procurando aprimorar o trabalho a cada nova edição. Ao final de 2006, a tiragem das lições era de 15 mil exemplares, saltando atualmente para 22 mil, ou seja, um crescimento de 46%. Vale destacar que antes da Diretoria Geral definir essa tiragem algumas edições se esgotaram, tama­nho o interesse dos leitores, tal como ocorreu com “Os Ensinos das Pará­bolas de Jesus”, no 2º trimestre de 2008. Em tudo o que faz, o Depar­tamento busca motivar o interesse da igreja pelo estudo da Bíblia, alinhado com a Diretriz Santificação, definida no Planejamento Estratégico da IAP.

O primeiro título deste ano, Jó – Como lidar melhor com o sofrimento?, chamou a atenção dos alunos, por tratar de tal sentimento de maneira bastante detalhada. Ao longo dos 13 sábados do trimestre, os alunos es­tudaram a relação entre sofrimento e Satanás, apostasia, desabafo e sui­cídio, entre outros temas.

Lição sobre Jó: aplicada em três clínicas de dependentes químicos

Lição sobre Jó: aplicada em três clínicas de dependentes químicos

Surpreendente é que as lições se encaixaram “como luva” no trata­mento de um problema que ator­menta muitas vidas: a dependência química. Após uma recaída no vício, o jovem Alessandro Ferreira Barbo­sa, da IAP em Vila Medeiros (SP), foi internado na Missão Libertar, em Jacareí (SP). Era início de 2011 e ele levou consigo a lição do trimestre, sobre Jó. Ali começou a compartilhar os ensinamentos com os demais in­ternos, que demonstraram grande in­teresse. Quando chegou o momento de deixar a clínica, o proprietário so­licitou que ele continuasse visitando os rapazes para o estudo das lições, por perceber os benefícios. “Foi exce­lente para eles e um marco na nossa vida, pois deu uma nova motivação para o Alessandro”, analisa sua espo­sa, Daniela Barros Barbosa.

Lição feita para dependentes químicos?

De início, o casal percorreu as igre­jas próximas, no final do trimestre, pedindo que os irmãos doassem seus exemplares. Mas a direção da Gráfica se sensibilizou e cedeu 400 lições para o projeto e a IAP em Vila Medei­ros (SP) adquiriu e doou outras 800. Hoje eles ministram os estudos na Missão Libertar e na Remar do Bra­sil, em Guarulhos e Jacareí, voltadas aos dependentes químicos. Calculam que mais de 400 rapazes já tenham estudado esta série, aplicada especi­ficamente para eles e preparada com zelo pelo casal.

Pr Nivaldo, esposo da Dsa. Ana Ronchete: lembrando do ensino da lição “Deus está no controle”, baseada em Neemias

Pr Nivaldo, esposo da Dsa. Ana Ronchete: lembrando do ensino da lição “Deus está no controle”, baseada em Neemias

A atuação do Espírito Santo é tão maravilhosa que “alguns chegam a perguntar se a lição foi feita para dependentes químicos, pois relatam que o estudo ‘fala’ com eles, direta­mente”, descreve Daniela. Para os que concluem o estudo e continuam internados, são aplicados alguns te­mas da lição “Quero Mudar” (jul/ago 2008), igualmente com ótimos resul­tados. Ao deixar a clínica, é habitu­al alguns internos se interessarem pela IAP, manifestando o propósito de estudar em casa, com os paren­tes, para que seus familiares possam compreender melhor a doença, por meio da vida de Jó. “Em São José dos Campos, próximo de Jacareí, existe um grupo de pais que se reúne semanalmente para ajudar os filhos a ‘ficarem de pé’ e que utilizam a lição, algumas vezes”, narra Daniela.

No 2º trimestre deste ano, o as­sunto das lições foi “Vamos à Casa do Senhor – Quando o povo de Deus se reúne para cultuar a Deus”. A proposta foi despertar na igreja uma reflexão sobre o significado do verdadeiro culto, distante de uma mera repetição de práticas e palavras. “Poucos têm parado para meditar no significado, no objetivo, na impor­tância de cada elemento do culto”, analisa o Ms. Eleilton Willian Frei­tas, integrante do DEC.

Pelo fato do livro de Neemias ser tão inspirador, foi escolhido para ser o objeto de estudo do 3º trimestre, com “Vamos Reconstruir – Desafios para a vida cristã à luz do livro Nee­mias”. O casal Alessandro e Daniela aplicou os três estudos iniciais, que se adaptaram ao trabalho nas clínicas de dependentes químicos, com boa repercussão entre os alunos. “Alguns solicitaram a lição para estudar por completo, pois expressaram ter en­tendido exatamente o ensino, mesmo sem ter tido contato anterior com a história de Neemias”, relata Daniela.

Orando como Neemias, num sequestro

A lição “Deus está no controle!” (2º sábado do trimestre) foi inesquecível para o Pr. Nivaldo Magalhães David, da IAP em Vila Medeiros (SP). Ele trabalha com transporte de merca­dorias e ao chegar em casa, no final de uma tarde, foi abordado por dois homens, que anunciaram um assalto. Não se contentando com o carro e a carga, levaram-no junto, trocando de veículo em seguida, o que o fez perceber tratar-se de uma quadrilha articulada. Ele se lembrou de ter es­tudado naquela semana sobre a ora­ção de Neemias, “rápida e de impac­to. Então orei ao Senhor da mesma maneira, pedi que ele me livrasse da morte, se ainda houvesse algo útil em mim para ele; que eles não vissem minha carteira, pois sou policial apo­sentado e minha funcional estava co­migo; e que eu tivesse a oportunidade de pregar àqueles homens”. Ato con­tínuo, ele ouviu a resposta de Deus, por meio da fala de um dos homens: “fique tranquilo, não queremos sua carteira, apenas a carga”.

Percorrendo as ruas da cidade du­rante três longas horas ao lado dos assaltantes, ele teve a oportunidade de falar-lhes sobre Jesus. Nas mãos de Deus, teve ainda coragem de pedir-lhes que o deixassem próximo do local do veículo, que prometeram devolver. Quando o taxista que o transportava, após o sequestro, pre­senciou sua alegria ao reencontrar a van, exclamou que o pastor era um homem de sorte. “Sorte, não!”, cor­rigiu, “você está presenciando um milagre do Deus vivo”.

Quando o taxista que o transportava, após o sequestro, presenciou sua alegria ao reencontrar a van, exclamou que o pastor era um homem de sorte. ‘Sorte, não!’, corrigiu, ‘você está presenciando um milagre do Deus vivo’

 

A última lição do ano pretende levar os promessistas a analisar bi­blicamente um assunto que já ren­deu muita polêmica: “A Graça e a Lei”. Logo no início da lição, o Por­tal IAP (www.portaliap.com.br) já registrava 79 comentários de inter­nautas, discutindo de forma saudá­vel seus pontos de vista. Registre-se que o link “Lições Bíblicas” continua detendo o recorde de acessos do site, depois da página de abertura.

Assunto polêmico

“Entre os assuntos que mais cau­sam ‘controvérsia’ entre cristãos está a graça e a lei, ou a fé e as obras”, analisa o Ms. Eleilton. Com esta sé­rie, o DEC objetiva diminuir as ten­sões internas e aprimorar a crença dos adventistas da promessa quanto ao entendimento do tema.

Com a mudança de gestão, é um compromisso da Diretoria Geral dei­xar prontas as duas próximas séries de lições, para que não haja lapso em seu estudo. Assim, o DEC já está ela­borando as séries do 1º e 2º trimes­tres de 2012, “Uns aos Outros – Os mandamentos da mutualidade cristã” e “Olhe para Cristo: A supremacia de Jesus apontada na Carta aos He­breus”, respectivamente.

Conforme são finalizadas, todas as lições passam a integrar o acer­vo digital do DEC dentro do Portal IAP. Ali estão também os podcasts, arquivos em áudio no formato MP3, que podem ser compartilhados e ou­vidos em qualquer lugar. Gravados desde dezembro de 2009, os arqui­vos são ansiosamente aguardados pela Convenção Ceará. Devido à dificuldade de leitura existente em algumas localidades, os podcasts são gravados em CD pela Diretoria e distribuídos para as igrejas, que os empregam nos estudos da escola bí­blica, com todos os seus membros. “Pelo menos cinco igrejas já estão utilizando o material. Na mais re­cente, a IAP em Palestina, os irmãos ficaram tão maravilhados, que inda­garam como poderiam ter o estudo daquela forma, todos os sábados. Quando falei que o CD ficaria com eles, ficaram muito felizes”, relata o Ms. Almada Garreti Star One, se­cretário da Convenção.

Também em 2009, o Departamen­to lançou os Comentários Adicionais, uma ferramenta importante para quem ministra ou estuda a lição. Disponível no Portal IAP, este recurso também já se tornou habitual para muitos de seus usuários. No início deste ano, os internautas responderam a uma en­quete sobre o uso da ferramenta. Dos 139 entrevistados, 70% afirmaram que já a haviam utilizado. Destes, 82,59% ressaltaram sua grande utilidade.

O DEC também colabora com o aumento de acessos do Portal IAP, gravando trimestralmente sermões em vídeo, com cerca de 10 minutos, sobre diferentes aspectos da vida cris­tã, desde outubro de 2010.

Os sermões das Assembleias Re­gionais, desenvolvidos dentro do Projeto Santificar, também são uma contribuição do DEC. Neste ano, o tema foi “Nossos Piores Inimigos”, enfocando a batalha contra o mundo, a carne e o diabo.

Até o final de 2011, se Deus per­mitir, o DEC deverá entregar à grá­fica o livro “As dádivas das aflições”, que pretende mostrar como o sofri­mento pode contribuir para a santi­ficação pessoal.

O Doutrinal ampliado, com seus 30 pontos de fé, já se encontra fina­lizado e aprovado pela Comissão de Doutrina, aguardando apenas o crivo da Câmara Teológica para sua publi­cação. Ele assume fundamental im­portância no momento da Reforma Administrativa, com a descentraliza­ção do CNPJ, quando não seremos mais unidos por um registro, mas pe­las nossas crenças.

O Livro de Teologia Sistemática da IAP também está em processo de edição, devendo ser mais uma gran­de colaboração deste Departamento para a instrução do corpo de Cristo. n

Lilian  Mendes