Cristo ainda faz milagres!

Este milagre em Caná da Galileia foi o primeiro que Jesus realizou. Ele revelou a sua glória, e os seus discípulos creram nele. (Jo 2:11, NBV)

Olhe ao seu redor, escave as lembranças nos “porões” da sua mente e logo perceberá que estamos vivendo em meio ao caos dos tempos difíceis descritos em 2 Tm 3:1-5. Não há como negar: é o tempo do caos, o qual se instalou na saúde, na economia, na vida conjugal, nos relacionamentos interpessoais, na espiritualidade das pessoas etc. Logo, não só ansiamos e clamamos como também, precisamos de um milagre em alguma área da nossa vida. Mas o que é um milagre? O termo “milagres” tem a sua origem na palavra latina, “miraculum”, algo espantoso, admirável,  extraordinário. Os céticos não acreditam em milagres, visto que não podem explicá-los cientificamente. Mas isso não nos isenta da certeza de que eles são reais, também, em nosso tempo. Milagre não é matéria científica, mas espiritual. É uma questão de fé, pois, somente quem crer poderá ver a glória de Deus (Jo 11:40).

Cristo fez um verdadeiro milagre em Caná da Galíleia, como também, em vários outros lugares no decorrer do seu ministério. Não dá para se afirmar que Cristo “manipulou” cientificamente a substância da água para torná-la em vinho (Jo 2:1-10). Milagres não são explicáveis. Aliás, não compete a nenhum de nós, explicá-los. Precisamos tão somente acreditar na autenticidade deles, pois Cristo é autêntico!

Cristo ainda faz milagres? Ele pode modificar os rumos da sua fam ília de modo extraordinário? Será que ele pode mudar a sua vida da “água para o vinho”? Esteja certo que sim. Cristo, pela sua soberania pode fazer não somente “em você”, mas “de você” um milagre para a sua glória!

%d blogueiros gostam disto: