Desencantados com a igreja

Procuramos motivos para nossas decepções, mas não podemos nos desencantar com o dono dela: Jesus

 

Quem nunca se desencantou com a igreja em que congrega?

Desencantados com os pastores, missionários, presbíteros e diáconos que são rígidos demais ou omissos demais.

Desencantados com as doutrinas que exigem obediência e renúncia demais ou são permissivas demais.

Desencantados com os louvores que são antigos demais ou com os louvores que são modernos ou agitados demais.

Desencantados com a liturgia que se prende milimetricamente ao tradicional ou com a mudança contemporânea da liturgia que tenta tornar o culto “mais dinâmico”.

Desencantados com as pregações que são extensas demais, curtas demais, sérias demais ou engraçadas demais.

Desencantados com os departamentos que fazem programações demais ou são inativos demais.

Desencantados com as pessoas que são francas demais ou com as pessoas que são falsas demais.

Desencantados com o pentecostal demais ou com o tradicional demais.

Enfim, desencantados com a igreja.

Desencantar-se com a igreja é aceitável. O que não é aceitável é abandoná-la por qualquer desencantamento, pois foi essa igreja que Deus confiou a você.

Desencantar-se com a igreja é aceitável. O que não é aceitável é que você, se desencantando com a igreja, venha se desencantar com o dono dela: Jesus Cristo!

 

Da. Anderson Zanella congrega na IAP em Itatiba (SP). 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: