Dicas da Lição 1 – À espera de um avivamento

Dicas da Lição 1 – À espera de um avivamento

À espera de um avivamento

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

1. Apresentação da lição
Utilize o vídeo de apresentação da lição para dar pontapé a série de estudos com a sua classe. O vídeo tem 10 minutos (você pode selecionar as partes que achar melhor para exibir) e se encontra no seguinte link: https://www.youtube.com/watch?v=WG4IWvRIl7M.

2. Dinâmica
Para o item 3, aplique em classe a dinâmica “esperar em Deus”. Peça aos alunos que pensem em uma posição para fazerem, depois anunciem que terão que ficar por 10 segundos assim até que o professor (a) sinalize o termino do tempo. Espere passar uns 20 segundos. Mostre que muitas vezes Deus age na espera e não no tempo que pensamos ser. Assim, os discípulos esperaram o Espírito descer. Enfoque que os discípulos esperaram a descida do Espírito agindo.

(dinâmica adaptada de: http://dinamicasdecristaos.blogspot.com.br/2011/12/esperar-em-deus.html)

3. Imagem
Utilize o mapa-múndi abaixo para explicar a aplicação da missão deixada por Jesus em Atos 1.8: missões locais, estaduais, nacionais e internacionais. Este mapa pode ser utilizado no item 2 e na aplicação 1.

globe-32299_1280

 

Comentários Adicionais

1. Lugar da espera:
“Eles não poderiam ausentar-se de Jerusalém. O lugar do fracasso haveria de ser o território da vitória. O mesmo lugar onde Cristo foi humilhado, ali deveria também ser exaltado. O palco do padecimento deveria ser também do derramamento do Espírito.” (LOPES, Hernandes Dias. Atos: a ação do Espírito na vida da igreja. São Paulo: Hagnos, 2012, p.33)

2. O reino de Deus:
“O Evangelho segundo Lucas registra mais de 30 ocorrências da expressão reino de Deus; ele o menciona também várias vezes em Atos (1.6; 8.12; 14.22; 19.8; 20.25; 28.23,31). No entanto, por meio da comparação, Mateus desenvolve o conceito de reino e utiliza a expressão reino dos céus (ou de Deus) pelo menos 50 vezes.” (KISTEMAKER, Simon J. Comentário do Novo Testamento: Atos. Vol.1. Tradução: Ézia Mullins e Neuza Batista da Silva. São Paulo: Cultura Cristã, 2006, p.74).

3. A mensagem do reino:
“Qual é a mensagem do reino de Deus? Essa expressão encerra a essência dos ensinamentos de Jesus. O reino é o governo de Deus sobre os corações e as vidas do seu povo que, como cidadãos desse reino, recebem remissão de pecados e a vida eterna. Além disso, para os apóstolos, a frase o reino de Deus significava pregar as boas-novas da morte e ressurreição de Jesus e fazer discípulos de todas as nações.” (Idem).

4. O livro das testemunhas:
“‘Testemunha’ é uma palavra-chave no Livro de Atos e aparece vinte e cinco vezes na forma substantivo ou verbo. Uma testemunha é alguém que relata o que viu e ouviu (At 4:19, 20). O termo mártir vem de uma palavra grega que pode ser traduzida por ‘testemunha’, e muitos do povo de Deus selaram seu testemunho entregando a própria vida.” (WIERSBE, Warren W. Comentário bíblico expositivo: Novo Testamento. Vol. 1. Tradução de Susana E. Klassen. Santo André: Geográfica, 2010, p.521).

5. Oração perseverante:
“O verbo traduzido por perseveravam (proskartereo) significa estar ‘ocupado’ ou ser ‘persistente’ em toda atividade. Lucas o emprega mais tarde em relação aos novos convertidos que ‘perseveraram na doutrina dos apóstolos’ (2:42) e aos apóstolos que resolveram dar prioridade à oração e à pregação (6:4).” (STOTT, John R. W. A mensagem de Atos: até os confins da terra. 2 ed. Tradução de Marcos André Hediger. São Paulo: ABU, 2008, p.54).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: