Dicas da lição 1 – “Criados por Deus”

Dicas da lição 1 – “Criados por Deus”

Criados por Deus

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

  • Vídeos: Para os itens 1 e 3, passe aos seus alunos o vídeo “Assinatura da Santíssima Trindade – Prof Adauto Lourenço”. Nele o professor, por sinais encontrados na natureza, temos uma evidência da criação de Deus. Acesse o vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=yPXoLyVGdDc.
    Para o item 2, temos outro vídeo do prof. Adauto, onde ele responde a pergunta: “A criação foi feita em 6 dias literais ou não literais?. Acesse aqui: https://www.youtube.com/watch?v=xeOlXsb0g-0.
  • Aula interativa: Separe a sua turma em duplas ou trios, ou em dois grupos, para que falem sobre os três primeiros dias (Gn 1.3-13), e outro grupo, sobre os três últimos dias (Gn 1.14-31). Eles devem fazer uma leitura do texto e depois expor os assuntos. Se puder previamente fazer esta divisão para que na hora da aula exponham de várias maneiras estes assuntos. Esta dinâmica será aplicada no item 3. Separe uns 10 a 15 minutos para as duas apresentações.
  • Desafio da semana: Mande para seus alunos e alunas pelo WhatsApp, redes sociais ou exiba em sala, o infográfico com o desafio da semana desta lição.

 

 

Comentários Adicionais

    1. Começo:
      “No princípio. No termo reschita, começo, unclui rosch: cabeça, dianteira, aquilo que precede uma série ou um processo. Na dianteira da história dos céus e da terra está a criação do mundo. A criação dos céus e a da terra é a base e o começo da História. (BRÄUMER, Hansjörg. Gênesis I: comentário Esperança. Tradução: Doris Köber. Curitiba: Esperança, 2016, p.32).
    2. Bíblia sempre acima:
      “Ainda que existam variantes no conceito de criacionismo, a principal característica desse ponto de vista é que ele tem a Bíblia como sua única base. A ciência pode contribuir para nosso entendimento, mas jamais deve controlar ou mudar nossa interpretação das Escrituras para acomodar suas descobertas.” (RYRIE, Charles Caldwell. Teologia básica ao alcance de todos. Tradução de Jarbas Aragão. São Paulo: Mundo Cristão, 2004p.197).
    3. Adão o primeiro homem:
      “(…) a criação ensina que Deus criou o primeiro homem à sua imagem e semelhança a partir do pó da terra e com seu sopro de vida (Gn 1:27; 2:7). Nunca existiu uma criatura subumana ou um processo de evolução. Os criacionistas possuem pontos de vista diferentes em relação aos dias da criação, mas para alguém ser um criacionista é preciso acreditar que o registro bíblico é historicamente factual e que Adão foi o primeiro homem.” (Idem).
    4. Criação acima de tudo:
      “A doutrina cristã da Criação não depende da confirmação da teoria do design inteligente. O tipo de argumento científico oferecido pelos proponentes do design inteligente realmente apoia e torna mais provável a posição da criação, mas a presença da inteligência não requer o Deus cristão. Por outro lado, ainda que essa teoria se mostre inadequada, a doutrina da Criação não será destruída por isso.” (ERICKSON, Millard J. Introdução à Teologia Sistemática. Tradução de Lucy Yamakami. São Paulo: Vida Nova, 1997, p.379).
    5. Criatividade do nada:
      “O ato criador ex nihilo da parte de Deus foi um ato sem igual, diferente de qualquer ato natural ou humano com que temos familiaridade. O relacionamento entre dois eventos finitos. Por isso, a doutrina teológica da criação não pode ser examinada segundo a moda da ciência contemporânea, que pela sua própria definição trata somente dos relacionamentos dos eventos finitos dentro dos limites e fronteiras.” (ELWEll, Walter A. Enciclopédia histórico-teológica da Igreja Cristã. Tradução de Gordon Chown. São Paulo: Vida Nova, 2009, p.369).