Dicas da Lição 1 – “O que é felicidade?”

Dicas da Lição 1 – “O que é felicidade?”

O que é felicidade?

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

  1. Entrevista
    Para a introdução da lição, combine com dois alunos, de sua classe ou outra (com autorização dos respectivos professores), para que representem duas perspectivas de felicidade (uma do “mundo” e outra de Jesus). Peça para que os alunos façam perguntas a eles na hora e assim, os entrevistados mostrem seus pontos de vista. Depois encerre dizendo, que a lição vai se propor mostrar a opinião de Jesus sobre “o que é felicidade”. (dinâmica deve durar cerca de 5 a 7 minutos).
  2. Para explicar o item 1 “O contexto das bem-aventuranças”, reúna as seis informações presentes (pp.8-9) em uma tabela para que seus alunos entendam melhor como as mesmas estão divididas. Imprima para eles ou acrescente no PowerPoint (slides) das lições:
  • Em primeiro lugar, temos o cenário do sermão: O nome “Sermão da Montanha” foi dado exatamente por causa do local.
  • Em segundo lugar, temos o formato do sermão: Assentado, como grandes educadores faziam – inclusive os rabinos judeus –, começou a ensinar (Mt 5:1-2). Apesar da semelhança na forma, seu ensino era diferente na autoridade (Mt 7:28-29).
  • Em terceiro lugar, temos o público do sermão: dois grupos de pessoas ouvindo Jesus: a multidão e os seus discípulos.
  • Em quarto lugar, temos a proposta do sermão: Jesus descreveu o que “desejava que os seus seguidores fossem e fizessem”.
  • Em quinto lugar, temos a aplicabilidade do sermão: Cremos que o sermão já pode ser vivido e que a felicidade aludida no seu início já pode ser desfrutada.
  • Em sexto lugar, temos o panorama do sermão:
  1. O perfil (Mt 5:1-12);
  2. A influência (Mt 5:13-16);
  3. A justiça (Mt 5:17-48);
  4. A devoção (Mt 6:1-18);
  5. As prioridades (Mt 6:19-34);
  6. Os relacionamentos (Mt 7:1-12);
  7. E os desafios dos cidadãos do reino (Mt 7:13-27).

(Retirado de: Lições bíblicas da IAP “O caminho da felicidade”, páginas: 8-9)

 

Vídeo:  Antes de explicar o item 2, “o conceito das bem-aventuranças”, exiba uma repostagem que fala que a felicidade, segundo uma pesquisa, não está sendo atrelada somente a dinheiro. Veja o vídeo para exibição aqui: https://www.youtube.com/watch?v=MzT1FbtUl2I. Diante da reportagem assistida, faça algumas perguntas aos seus alunos:

  1. O que vocês acharam da mudança proposta: “Mais tempo com a família e menos trabalho”?
  2. Os dois primeiros entrevistados falaram que ser feliz é ter dinheiro e bom emprego? Como a felicidade se relaciona com o ter?
  3. Para você o que faltou associar na reportagem a felicidade?

Após estas perguntas faça os apontamentos sobre felicidade presentes na lição. (Utilize aqui uns 8 minutos de aula).

 

Comentários Adicionais

  1. Sobre o sermão da montanha:
    “Cada palavra do Senhor Jesus deveria ser reputada como preciosa pelos que se dizem crentes. É a voz do nosso supremo Pastor, a palavra do grande Superintendente e Cabeça da igreja. É o Senhor que está falando. É a palavra dAquele que falava como ninguém jamais falou, a voz dAquele por meio de quem seremos julgados no último dia.” (RYLE, J. C. Meditações no Evangelho de Mateus. Tradução: Editora Fiel. São José dos Campos: Fiel, 1991, p.26).
  2. Tipo de crente:
    “Gostaríamos de saber que tipo de pessoa deveria ser o crente? Gostaríamos de saber que caráter cristão deveria ser o nosso alvo? Gostaríamos de saber qual a nossa conduta e hábitos mentais que deveríamos cultivar como seguidores de Jesus? Nesse caso, estudemos com frequência o Sermão da Montanha. Meditemos constantemente sobre as sentenças de Cristo, e submetamo-nos à prova de acordo com elas. Não devemos deixar de considerar a quem o Senhor chamou de ‘bem-aventurados’ no começo do sermão. Aqueles que são abençoados pelo nosso Sumo Sacerdote são verdadeira mente benditos” (Idem).
  3. Verdadeiras bênçãos:
    “Devemos entender que as bem-aventuranças proclamadas por Jesus são bênçãos verdadeiras. A palavra “bem-aventurado” (makarios, em grego) significa ‘feliz’, não por causa das circunstâncias externas, mas por causa da fé
    mediante a qual o crente recebe antecipadamente os benefícios que Deus lhe prometeu (Hb 11.1).” (SHEDD, Russel P. A felicidade segundo Jesus: reflexões sobre as bem-aventuranças. Tradução de Gordon Chown. São Paulo: Vida Nova, 1998, p.13).
  4. Alegria:
    “(…) a alegria é o principal tema das bem-aventuranças. A palavra bem-aventurado, na verdade, nos fala de uma profunda e permanente felicidade que, segundo Cristo, pertence a todos os que possuem as qualidades descritas por ele nas bem-aventuranças.” (MACARTHUR Jr., John. O caminho da felicidade. Tradução de Lúcia Kerr. São Paulo: Cultura Cristã, 2001, p.9).
  5. Princípios fundamentais:
    “As bem-aventuranças, (…) apresentam os princípios fundamentais de seu [Jesus] reino. São as diretrizes, morais, éticas e espirituais que devem reger a conduta de todos os súditos do reino. Ao exaltar estas qualidades, Cristo estava ensinando que elas são o único caminho para a verdadeira felicidade. (Ibidem, p.10).
%d blogueiros gostam disto: