Dicas da Lição 11 – “Aprenda mais de Jesus”

Dicas da Lição 11 – “Aprenda mais de Jesus”

Aprenda mais de Jesus

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

1. Lista de características: Para o item 1, distribua entre seus alunos (as) as seguintes leituras: Is 29:18,19, 35:4-6, 42:1-7; Lc 7:22, uma folha de papel e canetas; após as leituras, peça para eles escreverem as características encontradas nos textos a respeito do Messias, em seguida pergunte a eles: “era esse o Messias que esperavam?”. A ideia que é que fortaleçam sempre essa convicção de seguir a Cristo, por esse ser o verdadeiro enviado de Deus para nos salvar.

2. Dinâmica de grupo: Para ilustrar o ensinamento do item 2, “É feliz quem aprende e obedece”, faça a dinâmica “caixa da obediência”.

Materiais: Uma caixa de tamanho médio com tampa; Uma barra de chocolate média; um papel simples para embalar a barra (neste papel deve está escrito: “Coma o chocolate”.

Desenvolvimento:

  • Com a caixa fechada com a barra embalada dentro, forme um circulo com seus alunos (as), ou da melhor maneira que seu espaço de aula, possa permitir que os alunos (as) repassem a caixa uns para os outros;
  • Quando seus alunos (as) começarem a repassar a caixa, peça que cantem uma música, ou toque em algum celular uma música (não mencione o que tem na caixa); faça três pausas. Nas duas primeiras, os instigue dizendo: na primeira: “Você terá coragem de obedecer à ordem contida na caixa?”; na segunda: “Você terá coragem de obedecer?”; na terceira, peça ao aluno (a) que ficou com a caixa que abra e obedeça, ou seja, coma o chocolate. (é importante verificar se este aluno não tem restrições alimentares: diabetes e etc.)
  • Mostre que é bom “ouvir e obedecer” a palavra de Deus.

(Adaptado de: Dinâmica: Coma o chocolate. Disponível em: <http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/2012/01/dinamica-coma-o-chocolate.html> Acesso: 07/03/2016).

3. Chuva de ideias: Utilizando um quadro, peça aos seus alunos atitudes simples que eles podem fazer para servir “uns aos outras” como Jesus disse na bem-aventurança em estudo no item 3. Incentive-os a manterem essa prática no dia a dia. Se possível peça, para uns dos estudantes registrar a lista no celular e enviar pelo WhatsApp.

4. Vídeo: Para o item 4, veicule em sala o vídeo: “Você está preparado para a volta de Jesus?”, onde o pastor Hernandes Dias Lopes, explica sobre a vinda de Jesus. E faz o questionamento de como estaremos para a volta do Senhor. Veja o vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=imeyt87x9KA

 

Comentários adicionais

  1. Um ministério autêntico:
    “A universalidade dos tipos de milagres demonstrou um abundante e universal poder. Mas o ministério de Cristo também incluía a cura da alma; e até os pobres se beneficiavam disso, pois a eles foi pregado o evangelho. Curiosamente ausente é aquilo que ocupa lugar de destaque em João: Jesus nada disse de ‘político’. Não prometeu a João que ‘mais um pouco’ e o governo romano cairia; ‘mais um pouco’ e o judaísmo, como instituição religiosa e governamental, seria expurgado de seus vícios.” (CHAMPLIN, Russell Norman. O Novo Testamento interpretado: versículo por versículo. Vol. 2. Lucas e João. São Paulo: Milenium, 1980, p.75).
  2. Como esperar o Senhor:
    “Uma vez que o cristão começa a pensar que o Senhor não está prestes a voltar, sua vida entra num processo de deterioração. Nosso relacionamento com os semelhantes depende de nosso relacionamento com o Senhor; de modo que, se pararmos de olhar para ele, também iremos parar de amar seu povo. A grande motivação da vida e do serviço cristão deve ser o desejo de agradar ao Senhor para que, em sua volta, ele nos encontre trabalhando fielmente”. (WIERSBE, Warren W. Comentário Bíblico Expositivo: Novo Testamento. Vol. 1. Tradução: Susana E. Klassen. Santo André: Geográfica editora, 2006, p.289).
  3. Presos à ignorância:
    “AS CONDIÇÕES do povo eram tão más que nem mesmo a presença do próprio Messias atraiu sua atenção. Ele passou os dias de seu ministério no meio deles, proferindo palavras do mais alto quilate, como o homem jamais ouvira, e fazendo prodígios verdadeiramente notáveis, como nunca antes se vira; no entanto, os seus ouvidos não ouviram a Palavra, e os seus olhos ficaram cerrados, quase sem haver indício, da parte deles, de que compreendiam que alguém fazia alguma coisa”. (CHAMPLIN, Russell Norman. O Novo Testamento interpretado: versículo por versículo. Vol. 1. Mateus e Marcos. São Paulo: Milenium, 1980, p. 403).
  4. O que é preciso para crêr?:
    “O registro desses fatos (milagres) está a nossa disposição, e é tudo o que precisamos. ‘E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo’ (Rm 10:17; e note 1Jo 5:9-13). Quem lê o relato de João fica face a face com Jesus Cristo, observando de perto como ele viveu, o que disse e fez. Todas essas evidências apontam para a conclusão de que ele é, verdadeiramente, o Filho de Deus encarnado, o Salvador do mundo”. (WIERSBE, Warren W. Comentário Bíblico Expositivo: Novo Testamento. Vol. 1. Tradução: Susana E. Klassen. Santo André: Geográfica editora, 2006, p.510).
  5. Se vocês sabem essas coisas…:
    “Quando Jesus disse, ‘Se vocês sabem essas coisas’ etc., ele quis dizer, de acordo com o contexto, ‘se vocês sabem que a. aquele que é Senhor e Mestre está disposto a ministrar às necessidades daqueles que são seus subalternos e alunos, embora ao fazer isso ele tenha de se rebaixar muito; e se sabem que b. e ainda mais, aqueles que foram assim beneficiados, deveriam estar dispostos a servir uns aos outros em humildade de espírito; se vocês sabem essas coisas, bem-aventurados são se as praticarem’”. (HENDRIKSEN, William. O Evangelho de João. Tradução: Elias Dantas e Neuza Batista. São Paulo: Cultura Cristã, 2004, 615).

2 Comments

  1. Anisio v. Nolasco disse:

    decepcionado
    Fiz a assinatura da lição virtual, mas quando tento entrar no aplicativo, não loga. Entrei em contato com o suporte há mais de um mês e até agora não obtive nenhuma resposta.
    Mandei e-mail para, marcomurta2013@gmail.com, admin@vozdocenaculo.com.br e contato@vozdocenaculo.com.br.
    Tenho vergonha desse descaso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: