Dicas da lição 12 – “A difícil viagem para Roma”

Dicas da lição 12 – “A difícil viagem para Roma”

A difícil viagem para Roma

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

Dicas

  • Vídeo. Dê início a aula, exibindo o vídeo de uma tempestade em alto mar, juntamente com a descrição sobre o “Euroaquilão” para que os alunos tenham ideia do que Paulo passou em sua viagem: https://www.youtube.com/watch?v=kONdmlsI1eQ.
  • Citação. No tópico um, “Um prisioneiro encorajador”, cite a descrição do chamado “Euroaquilão”: este é o nome dado a uma tempestade de vento. Trata-se de um tufão. Seu nome deriva de “Euros”, o vento suleste e leste e de “Aquilo”, o vento nordeste. O termo atualmente empregado pelos marinheiros de Malta é “gregale”, um vento sul que muda para tornar-se num violento vento norte, acompanhado de rajadas de chuva, comum no sul do Mediterrâneo central, na estação fresca, sendo que cinco tipos de gregale têm sido reconhecidos pelos meteorologistas” (DOUGLAS, J. D. O Novo Dicionário da Bíblia. Trad. João Bentes. 3ª ed. São Paulo: Vida Nova, 2006, p. 470).
  • Tabela. Esboce em um quadro ou projete com o Datashow uma tabela com os pontos dos tópicos 1, 2 e 3 da lição, da seguinte maneira:

Um prisioneiro encorajador

Um livramento oportuno Um propósito inabalável

Ânimo

Naufrágio

A imprevisibilidade

União Execução

A imprudência

Alimentação Envenenamento

  • Dinâmica. Utilize esta dinâmica antes de entrar na segunda parte da lição, “VIVENCIANDO O LIVRO DE ATOS”. Peça a um voluntário que venha à frente e lhe dê um desafio. O professor deve colocar, em uma mesa ou apoio, um copo de cabeça para baixo, isto é, com a abertura virada para baixo, sendo que em cima do copo ficará o ovo. O voluntário terá que colocar o ovo dentro do copo de vidro, sem quebrar nenhum dos dois, porém, deve fazê-lo com apenas uma das mãos. Após a dinâmica, reafirme e correlacione a dinâmica com a frase “Deus cuida da missão e dos missionários”.
  • Desafio: Ao final da aula, entregue tiras de papel para os alunos meditarem no desafio da semana, com a frase: “encoraje alguém a passar pela tormenta com confiança em Deus”.

 

Comentários Adicionais

1. O apóstolo lança um alerta:
“Seria prudente passar o inverno em algum porto da região. Paulo, um veterano em viagens marítimas, conhecendo os riscos da navegação pelas águas do Mediterrâneo nesse período do ano, aconselha a tripulação a não continuar a viagem, mesmo sendo aquele porto um lugar pouco apropriado para passar o inverno”. (LOPES, Hernandes Dias. Atos: a ação do Espírito na vida da igreja. São Paulo: Hagnos, 2012, p.491).

2. O apóstolo é subestimado:
“O centurião deve ter pensado: Esse Paulo pode saber alguma coisa da Bíblia, mas não entende nada de mar. Assim, o centurião desprezou a advertência de Paulo e seguiu viagem. Não é seguro enfrentar as estradas da vida sem observar os sinais. Na viagem da vida precisamos buscar conselho e orientação daqueles que andam com Deus. Quem despreza conselhos sofre grandes danos”. (LOPES, Hernandes Dias. Atos: a ação do Espírito na vida da igreja. São Paulo: Hagnos, 2012, p.493).

3. O apóstolo é mordido:
“Em um dado momento, Paulo, molhado e com frio, pôs-se a ajuntar lenha para alimentar uma fogueira e uma víbora o mordeu (v.3). Por possuírem sangue frio, as cobras podem tornar-se rígidas e sem movimento, em temperaturas frias, como era a ocasião. Paulo deve ter pegado a serpente junto com os gravetos, e então ela o mordeu. A palavra grega usada ‘víbora’ (v.4) designa uma cobra venenosa”. (FILHO, Isaltino Gomes. Atos dos Apóstolos: de Jerusalém a Roma. Rio de Janeiro: JUERP, 2009, p. 183).

4. O apóstolo é julgado:
“‘A justiça não o deixa viver’ (v.4), revela um conceito pagão, mais que jurídico. ‘Justiça’ (…) é o grego Dikê, nome de uma deusa grega que personificava a justiça divina. Este era o raciocínio deles: este homem escapou de Poseidon, o deus grego do oceano. Conseguiu fugir dele. Mas caiu nas garras de Dikê, a deusa grega da justiça. Era mesmo um homem que não devia viver. Fugiu de um deus, mas outro o apanhou”. (FILHO, Isaltino Gomes. Atos dos Apóstolos: de Jerusalém a Roma. Rio de Janeiro: JUERP, 2009, p. 184).

5. O apóstolo é acionado:
“Paulo foi visitar o pai de Públio (v.8). Não é o preso nem o náufrago que age. É de novo o missionário, o pregador do evangelho que sobressai, agora. um verdadeiro obreiro do Senhor nunca deixa de ser obreiro do Senhor. Lucas é o médico, mas é a oração de Paulo que traz a graça curativa de Deus. Mais enfermos vieram e foram curados (v.9). Assim é o evangelho. Onde chega, as pessoas são restauradas”. (FILHO, Isaltino Gomes. Atos dos Apóstolos: de Jerusalém a Roma. Rio de Janeiro: JUERP, 2009, p. 185).

2 Comments

  1. Alexandre disse:

    Boa noite queria saber mas sobre a igreja adventista da promessa gostaria que algum irmão me add no Whatsap (11)968029830 pra me esclarecer mas sobre as doutrinas gostaria de fazer um visita sou de Carapicuíba

    • Portal IAP disse:

      Olá, Alexandre, a paz de Cristo! Vc pode acessar nossos endereços em Encontre a IAP mais próxima de Você. Temos culto aos sábados – 9 hs e domingos – 19 hs. Qualquer dificuldade, entre em contato. abs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: