Dicas da lição 12 – CRISTÃOS DE VERDADE – “Siga bons exemplos”

Dicas da lição 12 – CRISTÃOS DE VERDADE – “Siga bons exemplos”

  • Invista em sua vida devocional. É imprescindível que você ore a Deus, leia a Palavra dele e interceda por teus alunos. Peça ao Espírito Santo para transformar os seus alunos e fazê-los cada vez mais parecidos com Cristo.
  • Acesse o link: http://portaliap.org/slides-licao-cristaos-de-verdade/ faça o download dos slides e utilize-os para enriquecer ainda mais a sua aula.
  • Utilize também os comentários adicionais referentes à lição no link: http://portaliap.org/wp-content/uploads/2015/08/LB-311_Comentarios-Adicionais.pdf. Os comentários adicionais para esse estudo são os seguintes: Testemunhas boas ou más; Pesquisando sobre Gaio; Personalidade de Diótrefes; Homens bons, embora imperfeitos.
  • A lição dessa semana vai refletir sobre bons e maus exemplos, dentro da comunidade cristã, e a necessidade de seguirmos os bons exemplos. Para a Introdução da lição, assista com seus alunos o seguinte vídeo disponível no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=8mJfb2ogMFM ou https://www.youtube.com/watch?v=KFBKSLH3ZaM. Esse vídeo vai enfatizar a importância do exemplo para o ser humano. Após assistir esse vídeo debata com os seus alunos a respeito de como um bom (ou mau) exemplo pode influenciar a nossa vida.
  •  Assim que iniciar o tópico “O que o cristão precisa entender” divida a sala em duplas e trios e peça que respondam às seguintes perguntas numa folha de sulfite: “Quais são as principais características e atitudes de alguém que é um bom exemplo para a comunidade cristã? Como é o testemunho destas pessoas?” e “Quais são as principais características e atitudes de alguém que é um mau exemplo para a comunidade cristã? Como é o testemunho destas pessoas?”. Peça que os alunos compartilhem suas respostas e compare-as aos testemunhos de Gaio, de Demétrio e de Diótrefes.
  • Uma citação interessante a respeito da importância do exemplo é a do escritor Manuel Bernardes afirmou que: “Não há modo de mandar, ou ensinar mais forte, e suave, do que o exemplo: persuade sem retórica, impele sem violência, reduz sem porfia, convence sem debate, todas as dúvidas desata, e corta caladamente todas as desculpas. Pelo contrário, fazer uma coisa, e mandar, ou aconselhar outra, é querer endireitar a sombra da vara torcida”. Utilize essa afirmação para ilustrar o tópico II, “O que o cristão precisa praticar”. Peça que seus alunos reflitam e respondam se cada um deles tem sido um bom exemplo de cristão para as outras pessoas e de que maneira podem influenciar outras pessoas com seus exemplos. Essa é a pergunta que todos nós temos de responder: “Temos sido um bom ou um mau exemplo para o Corpo de Cristo?”.
  • Para finalizar, você pode fazer a seguinte dinâmica: Escreva algumas características que demonstram um bom testemunho cristão em folhas de sulfite (uma característica em cada folha). Escreva também algumas características que demonstram o mau testemunho. Peça que alguns de seus alunos segurem uma folha dessas características, mas não deixe que vejam quais são as características estão segurando. Para os alunos que não estão segurando, peça que eles deem três dicas para um membro que está segurando a folha sobre a característica que está no seu papel. Fazer isso de um a um até que todos saibam qual é a característica que está colada em si. Relacione a dinâmica com a seguinte lição: todos nós temos que ser exemplo e darmos testemunhos positivos do evangelho de Cristo. Tenho sido um bom ou mau exemplo? Nem sempre percebo que tipo de testemunho tenho dado, mas certamente, as pessoas que estão à minha volta vão perceber, assim como os outros alunos viram quais foram as características que os seus irmãos estavam segurando.  Deus chamou a cada um de nós para ser bons exemplos que testemunhem com nossas vidas a respeito de Cristo!
  • Ore com seus alunos, para que possam continuar testemunhando de Cristo por meio dos seus bons exemplos.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: