Dicas da Lição 13 – “O livro da felicidade”

Dicas da Lição 13 – “O livro da felicidade”

O livro da felicidade

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

Dicas

  • Achar na Bíblia: No item 1 “O significado das bem-aventuranças”, temos a informação que a expressão “Bem-aventurado” tradução do hebraico ‘ashrê, aparece cerca de 45 vezes no Antigo Testamento, após esta informação, peça que todos os seus alunos localizem uma bem-aventurança diferente das que estão na lição, e escolha alguns ou todos para lerem. Dê o tempo de 1 minuto para encontrarem, ou faça com um tempo maior.
  • Vídeo: No item 2 “As descrições dos bem-aventurados”, no terceiro principio dos bem-aventurados, “felicidade tem a ver com viver em retidão e integridade em todas as áreas”, exiba o vídeo “HONESTIDADE, INTEGRIDADE E SUPERAÇÃO”, que conta um exemplo interessante sobre a importância de ser fiel a Deus, ser honesto e íntegro, nas atividades da vida, como numa prova da escola. Veja o link aqui: https://www.youtube.com/watch?v=Pd8EoDMolJs.
  • Música: Para o item 2 “As descrições dos bem-aventurados” no quarto principio dos bem-aventurados no AT “felicidade tem a ver com poder louvar a Deus”, peça antecipadamente para que um de seus alunos leve violão, ou utilize outro meio, para que juntamente louvem ao Senhor, vivenciando a bem-aventurança de dar louvores a Deus.

 

Comentários adicionais

  1. Ingredientes da felicidade:
    “Os ingredientes da verdadeira felicidade (pois a primeira palavra do salmo [128], bem-aventurado, e feliz em 2b, têm este sentido) não se acham inacessíveis. Aqui, resume-se como sendo a reverência (o relacionamento certo com Deus), 1a) e a obediência (os hábitos aprendidos dEle, 1b).” (KIDNER, Derek. Salmos 73-150: introdução e comentário. Tradução: Gordon Chown. São Paulo: Vida Nova, 1981, p.455)
  2. Felicidade antiga:
    “A palavra ‘Feliz’, ou ‘A felicidade de…!’ é preferível a Bem-aventurado, para o qual existe uma palavra separada. Tal foi a exclamação da Rainha de Sabá em 1 Rs 10:8, e a expressão se ouve vinte e seis vezes no Saltério. Este salmo continua, mostrando a escolha sóbria que é a base disto. O Sermão da Montanha, empregando a palavra correspondente em grego, futuramente acrescenta uma exposição ainda mais radical.” (KIDNER, Derek. Salmos 1-72: introdução e comentário. Tradução: Gordon Chown. São Paulo: Vida Nova, 1980, p.63)
  3. Bem-aventurado:
    Salmo 84: “5a. Bem-aventurado… O cantor retoma esta palavra do versículo anterior, dando-lhe nova orientação, recusando-se a se estabelecer em pesares vãos. A bem-aventurança dá um tom de apoio a estrofe. Se ele não pode estar em Sião, pode estar com Deus; se não pode desfrutar de doçura (…), pode achar força (7). Lembra-se das bênçãos daqueles que têm que forçar caminho até Sião, ao invés de residir ali como os coros no v.4.” (Ibidem, p.330).
  4. Bem-aventurado quem se afasta do pecado:
    “O indivíduo verdadeiramente bem-aventurado é aquele que se mantém afastado do estilo de vida dos ímpios. Em seu contato com eles, evita a cumplicidade e a aprovação tácita de seus pecados e de seu escárnio. Isso não significa que o homem bem-aventurado se isola completamente dos perversos. Pelo contrário, lhes dá testemunho acerca ‘do pecado, da justiça e do juízo’ e procura conduzi-los a Cristo, a única fonte de prazer duradouro. O homem bem-aventurado é amigo sincero dos ímpios, mas não anda nos caminhos deles.” (MCDONALD, William. Comentário bíblico popular: Antigo Testamento. Tradução: Susana Klassen e Vanderlei Ortigoza. São Paulo: Mundo Cristão, 2010, pp.372)
  5. Bem-aventurado louvar a Deus (Sl 89.15):
    “‘Bem-aventurado o povo que conhece as vivas de júbilo’. Para o judeu piedoso, esses vivas de júbilo se referem às alegres canções para celebrar as festas religiosas. Em contrapartida, para os fiéis contemporâneos a referencia é ao evangelho.” (Ibidem, p.463).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: