Dicas da Lição 13 – “O triunfo do Filho do Homem”

Dicas da Lição 13 – “O triunfo do Filho do Homem”

O triunfo do Filho do Homem

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

  1. Introdução: pergunte a seus alunos, qual das lições mais eles aprenderam, ou qual foi mais marcante a eles? Diante disso recapitule de maneira breve, os 12 temas estudados neste trimestre.
  2. Item 1: sobre “A ressurreição de Jesus” exiba o seguinte vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=t78B3DTtrBk. Nele vemos Maria tendo a visão do Senhor ressuscitado. Aplique no conteúdo estudado.
  3. Itens 2 e 3: Estes itens tratam das aparições e Comissão de Jesus aos seus discípulos. No inicio do item 3, a lição explica que Jesus disse que: importava que se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos (Lc 24:44b). Diante deste detalhe, peça na hora da lição que seus alunos, em 1 minuto encontrem textos no Antigo Testamento que falem da vinda do Messias, de seu sofrimento e ressurreição.
  4. Item 4: Este item tratará da ascensão do Senhor, e temos um vídeo de arqueólogos cristão que mostram um pouco desta cena e nos encorajam a cumprir a missão até que Jesus volte. Acesse o vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=iqq7AwBqtBQ. Aplique o vídeo no conteúdo estudado.

 

Comentários Adicionais

Item da lição: “A ressurreição de Jesus e As aparições de Jesus”
1. Sepulcro vazio:
“A narrativa de Lucas sobre ressurreição chama atenção ao túmulo vazio (vv. 1-12), à conversa de Jesus com os dois discípulos na estrada de Emaús (vv. 13-35) e à aparição de Jesus aos discípulos (vv.36-43). Neste Evangelho, as aparições acontecem ao redor de Jerusalém, mas não lemos nada sobre aparições do Senhor ressurreto na Galiléia.” (ARRINGTON, French L. & STRONSTAD, Roger (Editores). Comentário bíblico pentecostal: Novo Testamento. Tradução: Luís Aron de Macedo e Degmar Ribas Júnior. Rio de Janeiro: CPAD, 2003, p.474).

2. Sepulcro vazio 2:
“Jesus morreu em Jerusalém, e Lucas mostra que esta cidade é o lugar da vitória do Senhor e onde a Igreja recebe o poder do Espírito para evangelizar o mundo. Os discípulos de Jesus ficam surpresos com seu triunfo sobre a morte. Até eles têm de ser convencidos de que Jesus ressuscitou.” (Ibidem, p.474).

Item da lição: “A comissão de Jesus”
3. Escrituras cristocêntricas:
“A divisão solene das Escrituras na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos (as três divisões da Bíblia Hebraica) indica que não há parte alguma da Escritura que não dá testemunho de Jesus. Este, aliás, parece ser o único lugar do Novo Testamento onde esta tríplice divisão é explicitamente mencionada.” (MORRIS, Leon L. O Evangelho de Lucas. Tradução de Gordon Chown. São Paulo: Vida Nova e Mundo Cristão, 1983, p.321).

4. Missão poderosa:
“O Jesus ressurreto tem o poder para enviar o Espírito. Sua autoridade não é limitada como era durante os dias do Seu ministério terrestre. A promessa de meu Pai é designação incomum do Espírito Santo, e ressalta o lugar da promessa divina na Sua vinda. Os discípulos não devem tentar a tarefa de evangelização com seus próprios parcos recursos, mas, sim, devem aguardar a vinda do Espírito.” (Ibidem, p.322).

Item da lição: “A ascensão de Jesus”
5. Ascensão:
“Agora que a ascensão aconteceu, eles não mais estão em desespero. A alegria se torna o tom da vitória. Nenhum outro pode conseguir vitórias para Cristo. Os sinos tocaram no céu, para saudar o retorno de Jesus ali, mas Ele fez com que tocasse o carrilhão de alegria na terra nos corações humanos, em todas as terras e por todos os tempos.” (ROBERTSON, A. T. Comentário Lucas: à Luz do Novo Testamento Grego. Tradução: Luís Aron de Macedo. Rio de Janeiro: CPAD, p.398).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: