Dicas da Lição 3 – “O privilégio de servir a Cristo”

Dicas da Lição 3 – “O privilégio de servir a Cristo”

O privilégio de servir a Cristo

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

  • Dinâmica: Para início da aula, entregue papel e caneta para os alunos/alunas organizados em duplas. Dê o seguinte desafio: “Citar atitudes que devemos ter quando, ao servir a Cristo, passamos por aflições”. Instigue a classe a avaliar suas próprias sugestões diante das três recomendações bíblicas que a lição desta semana apresenta, a saber: servir com gratidão, triunfo e integridade. Enfatize, baseado no exemplo de Paulo, o elemento “privilégio”, apesar das aflições.
  • Cruzada Bíblica: Complete com a classe as palavras das frases a seguir, encontrando-as na cruzada bíblica. A cada palavra encontrada, discorra com a classe o conteúdo da lição que corresponde à mesma. Obs.: As palavras tem por base os principais tópicos, para melhor assimilação.
    1- “Devemos servir a Cristo em ________ também nos momentos difíceis da vida”.
    2- “O _______ vem de Deus”.
    3- “O evangelho, porém, deve ser pregado com ___________”.
    4- “Destaca-se a _________ do apóstolo em reconhecer que Deus era o motivo de seu triunfo”.
    5- “O privilégio de servir a Cristo requer _____________”.

Comentários Adicionais

  1. A gratidão de quem serve a Cristo:
    “A vida cristã é vitoriosa apesar das circunstâncias adversas. Apesar de tudo, devemos dar graças a Deus. É Deus quem dirige o nosso destino. É ele quem trabalha para que todas as coisas cooperem para o nosso bem. Não existe acaso, coincidência nem determinismo. Nenhum fio de cabelo da nossa cabeça pode ser tocado sem que Deus saiba, permita ou tenha um propósito”. (LOPES, Hernandes Dias. 2Coríntios: o triunfo de um homem de Deus diante das dificuldades. São Paulo: Hagnos, 2008, p.56).
  2. A proclamação de serve a Cristo:
    “Paulo, um apóstolo comissionado por Cristo, proclamava a ofensa da cruz, a ressurreição e o juízo final; e convocava as pessoas ao arrependimento e à fé em Cristo (…). Paulo representava toda a vontade de Deus tanto a judeus como a gentios (At 20.21, 27). Os coríntios, portanto, deveriam ter notado a diferença na proclamação do evangelho. Deveriam ter escolhido aliar-se a Paulo e seus auxiliares apostólicos e não aos seus adversários”. (KISTEMAKER, Simon. 2 Coríntios. Tradução: Helen Hope Gordon da Silva. São Paulo: Cultura Cristã, 2004, p.136).
  3. A alegria de quem serve a Cristo:
    “Cristo havia triunfado e agora levava aqueles que criam nele como seus cativos (…). O senado romano normalmente decretava ações de graça em público antes dos desfiles triunfais, de sorte que se tratava de grandes comemorações para os vitoriosos e tremenda humilhação para os derrotados. Mas Paulo se gloria na imagem dos cristãos como povos levados cativos por Cristo (cf. 1 Co 4.9). (KEENER, Craig S. Comentário Bíblico Atos: Novo Testamento. Tradutor: José Gabriel Said. Belo Horizonte: Editora Atos, 2004, p.514).
  4. A vitória de quem serve a Cristo:
    “…é Deus quem nos conduz em triunfo (2.14b). A vitória vem de Deus. Não construímos o caminho do sucesso, ele é aberto por Deus. Não são nossas estratégias nem nosso esforço que nos levam a triunfar, mas é Deus quem nos toma pela mão e nos conduz vitoriosamente. O poder não vem do homem, mas de Deus. A força não vem de dentro, mas do alto. A questão não é auto-ajuda, mas ajuda do alto”. (LOPES, Hernandes Dias. 2Coríntios: o triunfo de um homem de Deus diante das dificuldades. São Paulo: Hagnos, 2008, p.60).
  5. A dependência de quem serve a Cristo:
    “Não temos triunfo à parte de Cristo. Fora da esfera de Cristo não há vitória espiritual. A vida cristã é absolutamente cristocêntrica. Todas as bênçãos que possuímos estão em Cristo. Não somos conduzidos em trinfo por nosso conhecimento, piedade, virtudes ou obras. A única maneira de você ser aceito por Deus, aprovado por ele e conduzido por ele em triunfo é estando em Cristo. O apóstolo João escreveu: ‘Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida’ (1Jo 5.12)”. (LOPES, Hernandes Dias. 2Coríntios: o triunfo de um homem de Deus diante das dificuldades. São Paulo: Hagnos, 2008, p.60).
%d blogueiros gostam disto: