DICAS DE LIÇÃO 6 – VENTOS DE DOUTRINAS: “A SALVAÇÃO PELAS OBRAS”

DICAS DE LIÇÃO 6 – VENTOS DE DOUTRINAS: “A SALVAÇÃO PELAS OBRAS”

01. Slides da lição: baixe neste link:

http://portaliap.org/slides-licao-ventos-de-doutrina/  os slides da lição servem para dinamizar sua aula.

 

2. Comentários adicionais: A fim de encontrar mais conteúdo sobre o assunto da semana, acesse os comentários adicionais (neste link: http://portaliap.org/wp-content/uploads/2015/08/LB-309_Comentarios-Adicionais.pdf ) desta lição que trazem os seguintes temas: “1. O começo da salvação”, “2. A justiça de Deus para o homem injusto”, “ 3. A fé protestante” e “4. Realização de Deus”.

 

3. Para explicar sobre o primeiro tópico (legalismo primitivo) da parte “Conhecendo os ventos de doutrina”, compartilhe esse vídeo em sua aula: “Sois salvos pela graça e não pelas obras”. Encontre-o no link: https://www.youtube.com/watch?v=MiNhYW77d9U .

 

4. No segundo tópico da parte “Combatendo os ventos de doutrina”, para ilustrar que a salvação é pela fé para as obras, faça algumas comparações com a turma, para exemplificar o assunto abordado: Você acreditaria numa pessoa que se diz eletricista, mas não consegue trocar uma lâmpada? Você acreditaria num homem que diz ser excelente piloto, mas não consegue estacionar o carro numa garagem? Você acreditaria em alguém que diz ser matemático, mas não sabe o resultado de 5 x 4? Tiago também quer saber como é que uma pessoa pode dizer que tem fé, mas não possui uma obra, nem uma sequer, para poder provar esta fé! O problema é sério!

 

5. No momento da conclusão utilize o comentário do Pr. Hernandes Dias Lopes para desmistificar a crença de que existe algum conflito doutrinário entre Paulo e Tiago, no que diz respeito às suas epístolas.

 

“Concluímos, afirmando que não há qualquer conflito entre Paulo e Tiago. Não há qualquer contradição entre fé e obras. Não podemos confundir causa e efeito. Toda causa tem um efeito e todo efeito é produzido por uma causa. As obras não substituem a fé nem a fé pode vir desacompanhada das obras. Fé e obras caminham de mãos dadas. Não estão em lados opostos, mas são parceiras. Ambas têm o mesmo objetivo, glorificar a Deus pela salvação. Somos salvos pela fé e somos salvos para as obras. Recebemos fé e fomos preparados de antemão para as obras. Não há merecimento na fé nem nas obras. Ambas vem de Deus. Ambas devem glorificar a Deus. Ambas estão conectadas com nossa salvação. A fé nos leva a Cristo e as obras nos levam ao próximo. A fé nos coloca de joelhos diante de Deus em adoração e as obras nos colocam de pé diante dos homens em serviço. Somos salvos pela fé para adorarmos a Deus e somos salvos para as obras para servirmos ao próximo.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: