Dicas de lição 7 – CRISTÃOS DE VERDADE – ”Não seja ingênuo!”

Dicas de lição 7 – CRISTÃOS DE VERDADE – ”Não seja ingênuo!”

01. Devocional Diário: Não se esqueça de ler a Bíblia e de orar por seus alunos e pela Escola Bíblica diariamente, conseguindo, assim, autoridade espiritual, para facilitar a compreensão de todos.  Utilize a Leitura Diária.

 

02. Slides da lição: Utilize os slides da lição, que o ajudam a expor o conteúdo da lição bíblica de maneira visualmente moderna e fácil. Baixa os slides agora: http://portaliap.org/slides-licao-cristaos-de-verdade/

 

03. Comentários adicionais: Acesse este material extra para ajudar a expor melhor o conteúdo a seus alunos, nas páginas 11 e 12 do livreto:  “Crentes críticos”, “Tem o Espírito? Não creia em qualquer espírito!”, “Mundo: salas de aula dos falsos profetas” e “Teste de ensino”. Disponível em: http://portaliap.org/wp-content/uploads/2015/08/LB-311_Comentarios-Adicionais.pdf

 

04. Vídeo: Este tem 0:44 segundos, nele, o suposto “apóstolo” Agenor Duque (fundador da Igreja Apostólica Plenitude do Trono de Deus), ameaça “amaldiçoando” aquele que se opõem aos seus ensinos. Disponível no link: https://www.youtube.com/watch?v=zn_Rh1RQ1K8. Utilize-o durante a exposição do item 1. Seja crítico. Proponha uma discussão sobre a importância de conhecer e conferir a Bíblia em cada ensino dela extraído, até mesmo pelo professor da Escola Bíblica.

Inicie a discussão com algumas questões, como: Será que podemos questionar uma profecia? Pecamos contra o Espírito Santo quando duvidamos de uma “revelação”? Qual o perigo de acolhermos as pregações, músicas e livros incentivados pela mídia gospel, sem nenhum critério? Etc.

Enfatize que o crente ao ser crítico, no sentido correto da palavra (conforme esclarecido pelo autor da lição), não estará pecando, por examinar ao que ensina, pelo contrário estará seguindo a orientação bíblica. Mostre que até a mensagem de Paulo era analisa, por exemplo, pelos irmãos de Beréia (At 17.11).

 

05. A Importância do Discipulado para não ser ingênuo: Durante a aplicação do item 2. Não seja ingênuo: examine as Escrituras Sagradas. Divida a classe em 2 grupos (se houver menos de 15 pessoas na classe não precisa dividir), distribua o texto abaixo para que um representante leia para o grupo.

Peça que discutam sobre a importância do discipulado na igreja (seja por meio de extensões da Escola Bíblica ou Pequenos Grupos durante a semana). Para encerrar, incentive a todos enfatizando a importância das classes de discipulado assim como a Escola Bíblica, como excelentes oportunidades para o amadurecimento de todos os cristãos, tornando-os cada vez menos ingênuos, porque nestas, a Bíblia é examinada. (Reserve 5 a 10 minutos para esta parte).

COMO O DISCIPULADO DEVE SER VISTO PELA IGREJA?

As Igrejas Deveriam Ver o Discipulado Primariamente como um “Programa” ou como um “Estilo de Vida”?

A igreja não deveria ver o discipulado primariamente como um evento especial ou um programa espalhafatoso. Discipulado não é algo ocasional ou fora do normal, algo que pode ser isolado do resto de nossa vida cristã. Ser um cristão é ser um discípulo de Cristo. E ser um discípulo de Cristo significa:

  • Procurar ajuda de outros para ser como Cristo (ser um discípulo);
  • Procurar ajudar outros a serem como Cristo (discipular).

Portanto, as igrejas deveriam ver o discipulado como um estilo de vida. O discipulado deveria constituir uma parte normal de ser um cristão e um membro de igreja. É o que um seguidor de Cristo faz.

Isso significa que igrejas podem ou não usar programas para promover o discipulado. Mas elas definitivamente desejam promover uma cultura de discipulado. Deveria ser normal que cristãos mais novos discutissem assuntos espirituais durante refeições com cristãos mais velhos.

Deveria ser normal que cristãos mais novos passassem tempo nas casas de cristãos mais velhos para ver como eles aplicam sua fé a cada área da vida, até como eles colocam as suas crianças para dormir. Pela graça de Deus, uma igreja que fomenta uma cultura de discipulado será cheia de membros que parecem mais e mais com o Senhor Jesus (1Co 11.1).

Extraído do site www.9marks.org. Copyright © 2013 9Marks. Usado com Permissão. Original: Should churches primarily view discipleship as a “program” or a “lifestyle”? e How can I as a church leader help cultivate a culture of discipleship?

Tradução: Vinícius Silva Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website:www.MinisterioFiel.com.br / www.VoltemosAoEvangelho.com. Original:  Como o Discipulado deve ser visto pela igreja?

Fonte: http://voltemosaoevangelho.com/blog/2013/11/como-o-discipulado-deve-ser-visto-pela-igreja/

 

06. Plano de Leitura Bíblica: Após o transmitir o DESAFIO DA SEMANA”, enfatize a importância de aceita-los semanalmente, para o crescimento pessoal. Para incentivar os alunos a estudarem a Bíblia todos os dias, cumprindo assim os desafios propostos, envie por e-mail durante a semana e/ou imprima para eles (se for possível) e entregue este plano de leitura bíblica: http://portaliap.org/wp-content/uploads/2015/08/plano-de-leitura-biblica-para-novos-convertidos.pdf

 

Disponível em: https://drive.google.com/uc?export=download&id=0B8__7o0pukv4QWg4NVRZNDhGdVk

E/ou: http://www.esbocandoideias.com/2011/12/planos-de-leitura-da-biblia-1-ano-3-meses-fases.html.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: