Há trabalho para você!

Há trabalho para você!

Com a ajuda de Deus, a equipe de capelania já implantou duas igrejas no Presídio Feminino de Santana (SP), mas precisa de mais pessoas, para atingir outros pavilhões

Talita Mendes

Todos os sábados, a equipe de capelania prisional da IAP, liderada pelas missionárias Léa de Paula e Solange, Dsa. Leni de Oliveira e Dá. Eliseu, está no Presídio Feminino de Santana – SP, cumprindo o mandato de Cristo, de pregar o evangelho a todas as pessoas.

No dia 21 de novembro de 2009, com auxílio do Pr. Jessé (IAP em Vila Progresso – SP), os irmãos estiveram lá para uma missão especial: celebrar o batismo de nove mulheres, seguido pela ceia do Senhor, da qual participaram 29 pessoas, para a glória de Cristo!

Foi um momento emocionante e especial, em que tivemos a certeza de que houve grande festa no céu (Lc 15:7) pelas vidas que ali se renderam aos pés de Jesus e o confessaram como único Senhor e Salvador.

Rute, a líder da Sociedade Feminina Adventista da Promessa no Pavilhão I, contou que encontrou na IAP um amor que não havia conhecido em lugar nenhum. “Através do amor demonstrado pelas missionárias comigo, pude me aproximar e conhecer Jesus. Sou outra mulher, com a graça do Senhor! E o que recebi, estou tentando transmitir às outras meninas”.

Além dos cultos realizados aos sábados com cerca de 60 mulheres, todos os dias elas se reúnem, compartilham as dificuldades, cantam louvores e oram juntas.

Mas ainda faltam muitas vidas para serem alcançadas ali, por isso o trabalho de evangelismo é constante. Com auxílio de Simone, a segunda líder, Rute leva os folhetos trazidos pelas missionárias da IAP e distribui nos quartos, aproveitando o momento para oferecer uma oração e deixando o convite para o culto do próximo sábado.

Entre as que já fazem parte do grupo de mulheres cristãs, está Kátia, de 30 anos, que sonha em ser escritora. Ela fez questão de mostrar seus poemas e revelou que gosta muito do livro de Salmos, já que é um livro cheio de poesias. Contou ainda que vai escrever sobre a história da sua vida e a mudança que Cristo fez, com o objetivo de incentivar outras mulheres a também servirem a ele.

Outro grupo, no Pavilhão II, também já foi alcançado e está servindo a Jesus! Glórias a Deus por isso! A líder desse outro grupo, Maria Hungria, disse que já tinha ouvido falar de Jesus quando era mais nova, mas que só lhe falaram do amor, não lhe falaram das provas que teria de enfrentar para segui-lo. Quando chegou o período da provação, infelizmente, se distanciou dele.

Ela contou que, quando saiu da igreja, era extremamente tímida, mas que sempre lhe diziam que ela iria voltar e ainda seria uma missionária. Segundo ela, achava graça dessas palavras. Hoje ela testemunha: “Onde eu iria ouvir sobre o amor de Jesus? Aqui dentro. Onde eu iria perder a timidez? Aqui dentro. Talvez tenha sido necessário chegar até aqui, mas ainda vou pra lugares distantes falar do que Jesus fez por mim”.

Apesar de não conhecer Rute, Maria reafirmou suas palavras: “Nós sabemos que a evangelização é o mais importante. Então levamos folhetos, fazemos cultos todos os dias, contamos testemunhos e oramos juntas”.

Há oportunidade para a equipe de capelania da IAP em outro pavilhão, mas faltam trabalhadores para esta tarefa. Pode ser que Deus esteja chamando você, para cumprir o que a Bíblia nos manda em Hebreus 3:13:”lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos mal tratados, como sendo-o vós mesmo também no corpo”.

Talita Mendes é relações-públicas e congrega na IAP em São Caetano do Sul (SP).

%d blogueiros gostam disto: