Os desafios da esposa de pastor

A sensação de estar exposta em uma “vitrine 24 horas”

Ser esposa de pastor é um desafio, pelas expectativas geradas pela igreja e, em alguns casos, pelo próprio marido. Algumas esposas de pastores se sentem sufocadas e sobrecarregadas, por não saberem lidar com esse desafio. É a sensação de estar exposta em uma “vitrine 24 horas”. Pode parecer exagero mas é o que realmente acontece!
O grande desafio, pelo menos para mim, é tentar se equilibrar em ajudar a igreja e o marido, sem se sentir sobrecarregada. Isso é possível e gostaria de compartilhar algumas atitudes que têm me ajudado:

Excessos de compromissos
Tenho um acordo com meu marido de não assumir grandes cargos, mas ajudar no que estiver ao meu alcance. Mesmo porque é quase impossível conseguir conciliar uma responsabilidade muito grande e a agenda do pastor, e é necessário que a esposa o acompanhe, na maioria das vezes. Isso não só faz com que ele se sinta mais confiante e amado, como faz com que a comunidade veja que seu pastor tem uma mulher zelosa.
“O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo. Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.
Provérbios 31:11,12

Seu marido é sua prioridade
Ouvi uma amiga dizer que “ser esposa de pastor é um ministério, e sua principal preocupação deve ser com seu marido, pois ele cuida de uma comunidade inteira e quem cuidará dele? ” Isso é verdade! Por isso, faço a seguinte pergunta: o que tem ocupado mais seu tempo? Os filhos? Seu trabalho ou estudos? Invista tempo com seu marido. Devemos entender que Deus nos escolheu para ser esposa de nosso marido e isso deve ser encarado como um privilégio, não um peso.

Questão financeira
Li em um artigo que as esposas de pastores deveriam fazer um curso de como manter a casa suprida de tudo e andar com a família bem arrumada, com pouco dinheiro. ?! Pode parecer engraçado, mas é a realidade. Temos que nos preocupar com a vida financeira do marido. Ajudá-lo no que for necessário para não entrar em dividas ou para sair delas. Isto é uma tarefa difícil, principalmente para nós, mulheres, que gostamos de gastar (rs)! Mas conheço muitas esposas de pastores que buscaram opções, algumas resolveram trabalhar fora em funções diversas, outras investiram nos estudos e hoje são formadas com uma excelente carreira. E somaram no orçamento da família.”
“Ela nunca tem preguiça e está sempre cuidando da sua família” Provérbios 31:27

Não viva em função dos outros
“Não deixe que a opinião dos outros regule a sua vida. Respeite a sua própria opinião e não viva em função daquilo que os outros esperam que você seja ou faça.”
Aprendi isso há pouco tempo, quando eu entendi quem eu era. Quando eu entendi que precisava respeitar meus limites. Ajudar é bom, mas a partir do momento que você quer provar ou mostrar algo que você não é, pode ter certeza de que você não está caminhando de maneira correta.
“A formosura é uma ilusão, e a beleza acaba, mas a mulher que teme o Senhor será elogiada.” Provérbios 31:30

Ore por seu marido e pela igreja
Esteja em constante oração, pois os ataques do inimigo estão por todos os lados, principalmente, na família do pastor. Devemos pedir ao único e poderoso Deus que proteja nossa casa e a igreja dos ataques do inimigo. A oração do justo é poderosa e eficaz.

É uma honra ser casada com um pastor
“Apesar dos desafios entenda que é uma honra caminhar, chorar, sorrir, dormir e acordar ao lado de alguém que foi separado por Deus para ser seu ministro aqui na terra. Alguém que, um dia. achou uma mulher que o escolheu e ele a escolheu para estarem juntos, até que a morte os separe.”
“A casa e os bens vêm como herança dos pais, mas do Senhor, a esposa prudente”. Provérbios 18,22.

Verônica Braz é estudante de psicologia e casada com o Pr. Samuel Braz, da Convenção Paulistana Leste da IAP. Publicado originalmente em seu blog: https://meusolharesblog.wordpress.com/

%d blogueiros gostam disto: