Quem pode entender a mulher?

“Veio uma mulher de Samaria tirar água. E disse-lhe Jesus: Dá-me de beber”. (Jo 4:7)

Mulheres, como alguém pode nos entender?

Somos consideradas o sexo frágil, mas somos capazes de dar a luz no que chamam de parto normal. Quem vai nos entender?

Se rimos quando estamos nervosas e choramos ao ouvir uma declaração amor…

Mulher é complicada mesmo, quem tem cabelo cacheado quer alisar, quem tem cabelo liso é só ter uma festa para fazer cachinhos. Se é loira pinta de preto, se é morena, faz luzes até ficar loira.

Tem mulheres que não sabem se casam ou se compram uma bicicleta…

Como entender uma mulher que passa a noite acordada cuidando do filho e às seis da manhã começa a se arrumar para ir para o trabalho?
E as mulheres que trabalham em até três empregos para sustentar sua casa?

Ou como entender uma mulher que abre mão de ter uma vida profissional bem sucedida para ficar cuidando bem de perto de sua família?

São tantos anseios e preocupações… angústias… mágoas… medos…

Como entender nossos sonhos, nossos sentimentos?

Tem mulher que quer uma coisa e faz outra totalmente diferente…

que quer paz, mas corre para a confusão…

quer amor verdadeiro, mas procura onde não existe amor…

quer segurança e proteção mas não vai para um lugar seguro…

Quem pode entender as mulheres?

O apóstolo João conta a história de uma mulher comum, que realizava suas tarefas do dia, mas era muito sofrida, teve desilusões (você já se iludiu alguma vez?), sofreu (você sabe o que é isso?), foi magoada (já magoaram você?), mas ela não desistia, estava sempre lutando para ser feliz de verdade.

Desejava ser amada, respeitada, queria carinho, atenção…

Ela teve cinco casamentos frustrados…fracassados…por fim, já não acreditava mais no matrimônio, tentando ainda ser feliz de alguma forma, aceitou ser amante.

Por conta desses fracassos do passado, ela era rejeitada pelos homens e pelas mulheres, mas ninguém sabia do que ela realmente precisava, não sabiam como estava seu coração, não entendiam tudo o que já havia sofrido.

Pois ninguém entendia os sentimentos daquela mulher, ninguém podia ver o que havia dentro do coração dela.

Assim como as pessoas não podem ver o que há dentro do seu coração.
Ela desejava tanto ser feliz e lutava por isso, mas lutava da maneira errada,
sim fez coisas erradas…

Não havia encontrado ainda uma pessoa disposta a ajudá-la.

Um dia, ela nem esperava, mas encontrou alguém que entendia seus sentimentos.

Ele falou com tanta doçura, com tanto amor, ele disse que seria capaz de mudar a vida dela, e mudou.

E ele pode mudar a sua vida. O nome dele é Jesus, o Cristo!
Thaís Ottesen congrega na IAP em Santo Ângelo (RS).