Resposta às orações

Presidente da Bolívia suspende novo Código Penal

No último domingo, o presidente da Bolívia, Evo Morales, suspendeu o novo Código Penal, que criminalizava a evangelização. LIderanças cristãs e outros segmentos pressionaram pela suspensão da nova lei, que colocava em risco a própria liberdade de expressão. Porém, sabemos que, acima de tudo, Deus respondeu a oração do povo boliviano e de cristãos ao redor do mundo, assim que a notícia se espalhou.

No Portal IAP, havíamos publicado a posição da Igreja Adventista da Promessa diante da ameaça, conclamando todos a orarem (Leia a íntegra em http://portaliap.org/perseguicao-na-bolivia/). Em síntese, o artigo 88 declarava que era passível de prisão de 7 a 12 anos quem infringisse o novo Código. No item 11 desse artigo, estava declarado o seguinte: “Recrutamento de pessoas para a sua participação em conflitos armados ou em organizações religiosas ou de culto”.

Evo Morales afirmou que suspendeu a nova lei “para evitar que a direita use o Código para desestabilizar o Estado”. Declarou também que ouviu a preocupação das organizações sociais. Isso nos mostra que o Senhor Soberano é quem governa a história.

Contudo, devemos continuar orando, pois ele deverá apresentar outro documento nos próximos dias.