dicas

Anatomia do pecado

  • Clique AQUI para acessar os slides da lição.
  • Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.

 

Dicas

  • Vídeo: O Dr. e Pr. Russel Shedd fala sobre “pecado e pecadinhos”. Ele fala sobre a diferença sobre estes. Exiba este vídeo no item 3. Acesso o vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=j9n3WVXRG7A.
  • Dinâmica: Para o item 2, falando sobre corrupção herdada, aplique a seguinte dinâmica:
    Material: Papel, caneta e pedaço de tecido (venda).
    1 – Escreva na folha de papel: “É pecado ficar em pé enquanto todos estão sentados”. Não deixe que ninguém veja essa frase antes da dinâmica começar;
    2 – Peça que todos fiquem sentados e escolha uma pessoa para participar da dinâmica. Cubra os olhos dessa pessoa e peça que ela fique em pé;
    3 – Sente-se e mostre a frase para todas as pessoas presente, peça que ninguém leia a frase em voz alta.
    4 – Pergunte para a pessoa que está em pé e com os olhos vedados se ela está cometendo algum pecado naquele momento. Naturalmente a pessoa dirá que “não”, pois não está vendo a frase que está escrita no papel. Pergunte mais vezes e insista.
    5 – Peça para a pessoa retirar a veda e ler a frase, diga que o que está escrito é só um exemplo. Fale para ela: “Já que você agora sabe que está cometendo um pecado o que você irá fazer? – Naturalmente a pessoa irá se sentar!
    (Pecado & Arrependimento. Disponível em: http://ibcbh.com.br/celulas/dinamicas-tematicas/> Acesso: 21/11/17).
    Aplicação: Mostre para classe, que sem um conhecimento da Palavra, estamos cegos e não sabemos discernir o pecado. Com conhecimento bíblico é possível saber tanto sobre a “culpa herdada” e a “corrupção herdada”.
  • Desafio da semana: Mande para seus alunos e alunas pelo WhatsApp, redes sociais ou exiba em sala, o infográfico com o desafio da semana desta lição.

 

 

Comentários Adicionais

    1. Resumo sobre pecado:
      “(…) o pecado não é nada além de fazer o que Deus proíbe (como Adão e Eva fi zeram em Gn 3) ou não fazer o que ele manda. É a terrível declaração de independência da criatura dependente em relação ao Criador. A ausência do exercício da fé significa não levar a sério nossa pecaminosidade, mas valorizar nossa autonomia.” (SHEDD, Russell P. Pecados e pecadinhos. São Paulo: Shedd Publicações, 2015, p.11).
    2. Pecados alisados:
      “(…) conceito integral de pecado praticamente sumiu da sociedade em geral, e tem sido abrandado em muitas igrejas para não ferir a consciência moderna. Na verdade, as palavras severas que a Bíblia usa em relação ao pecado foram banidas de nosso meio. As pessoas não adulteram mais; elas têm casos. Os executivos não roubam; eles cometem fraude.” (BRIDGES, Jerry. Pecados intocáveis. Tradução: Eulália Pacheco Kregness. São Paulo: Vida Nova, 2012, p.19).
    3. Pecados ignorados:
      “(…) como se comportam as igrejas evangélicas conservadoras? [o pecado] (…) foi redirecionado para os que não fazem parte de nosso meio e cometem pecados flagrantes como aborto, homossexualismo, assassinato, ou os famosos crimes do colarinho branco do mundo corporativo. É fácil condenarmos esses pecados óbvios enquanto ignoramos nossos pecados de fofoca, orgulho, inveja, amargura, luxúria, ou até nossa falta de qualidades amáveis que Paulo chama de fruto do Espírito (v. Gl 5.22,23).” (Ibidem, p.19).
    4. Pecado e pecados:
      “A discussão do pecado deve começar com uma distinção clara entre ‘pecado’ e ‘pecados’. A distinção não é singular e plural, mas entre um atributo e os efeitos inevitáveis desse atributo. Assim, pecados são atos (ou omissão de atos). Pecado, por sua vez, é a natureza que produz pecados como fruto.” (STURZ, Richard J. Teologia sistemática. Tradução: Lucy Yamaki. São Paulo: Vida Nova, 2012, p.352).
    5. Pecado contra a Lei de Deus:
      “(…) a Escritura define o pecado como a rebelião contra a vontade de Deus como revelada na lei moral. Nem Adão esteve isento das exigências da lei, pois ‘o primeiro pecado constituiu na transgressão do mandamento probativo e, dessa forma, na transgressão de toda a lei moral de Deus’. E as várias palavras que a Bíblia usa para designar o pecado, tais como transgressão, desobediência, injustiça, impiedade e iniquidade, reforçam isto.” (FERREIRA, F. & MYATT, A. Teologia Sistemática: uma análise histórica, bíblica e apologética para o contexto atual. São Paulo: Vida Nova, 2007, p.465).
21/11/2017

Dicas da lição 8 – “Anatomia do pecado”

Anatomia do pecado Clique AQUI para acessar os slides da lição. Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.   Dicas Vídeo: O Dr. e Pr. […]
13/11/2017

Dicas da lição 7 – “A história da queda”

A história da queda Clique AQUI para acessar os slides da lição. Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.   Dicas Dinâmica: Para dar “vida” […]
07/11/2017

Dicas da lição 6 – “Quem é a serpente?”

A composição humana Clique AQUI para acessar os slides da lição. Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.   Dicas Antes do item 2. A […]
31/10/2017

Dicas da lição 5 – “A composição humana”

A composição humana Clique AQUI para acessar os slides da lição. Para ouvir o podcast desta lição, clique AQUI.   Dicas Vídeo: Para iniciar a lição, […]