Um ano de semeadura

Enquanto esperamos por Jesus, temos muito a fazer

No final de um ano e início de outro, sempre fazemos uma retrospectiva de tudo o que fizemos, como fizemos, e, também, de tudo o que não fizemos.

Quantas alegrias tivemos no decorrer de 2010, e também quantas lutas, tristezas, imprevistos… Porém, pela graça de Deus, estamos aqui, firmes na fé que uma vez nos foi entregue. Muitos não podem dizer o mesmo, alguns se foram, outros se recuperam, e outros se perderam.

O ano que se inicia nos lembra que, no relógio divino, o tempo do nosso refrigério se aproxima, um ano mais perto para o nosso Senhor Jesus voltar.

Enquanto isso, temos que semear, semear muito, o máximo que pudermos, essa é uma tarefa confiada a nós. Em 2011, temos 365 dias para cumprir a nossa tarefa, ou as nossas tarefas.  Mas uma coisa é certa, sem Jesus não podemos realizar uma única e mínima tarefa, sem Jesus não dá. Ele diz em Jo 15:5  “…porque sem mim, nada podeis fazer”.

Este é o desafio, para todos nós que somos amigos de Deus. Lembrando que “amigos” é um termo fortíssimo, que Deus usou para dois grandes personagens bíblicos, Abraão e Davi, e Jesus usou para todos nós, quando disse: “vós sereis meus amigos, se fizerdes o que vos mando” Jo 15:14.

Um ano de muita semeadura a todos!

%d blogueiros gostam disto: