#DAVIEGOLIAS – “QUANTO BALDE DE ÁGUA FRIA!”

Por quarenta dias a voz de Golias ecoou no Vale de Elá entre os exércitos Israelitas. Cada vez que ia e voltava o gigante parecia maior para as tropas amedrontadas com sua presença pessoal. Até mesmo o rei estava com medo. Mas menino, de aproximadamente 20 anos ou menos, ousou perguntar aos soldados medrosos, sobre a recompensa que o rei daria aos que lutassem contra o gigante (1 Sm 17:24-27).

E porque Davi ousou perguntar sobre Golias? Porque se disporia lutar contra o mesmo. Ele não tinha seus olhos no tamanho do gigante, mas no tamanho do seu Deus. Diferente do povo de Israel, que não demonstravam confiar em Deus. Pois bem, depois de suas perguntas e de sua disposição para enfrentar Golias, Davi começa a receber uma série de “baldes de água fria”. Um balde de água fria é uma situação inesperada, que tenta nos fazer desistir, que tenta transformar nossas expectativas em desilusão.

Em primeiro lugar, Davi foi criticado. O irmão de Davi o ridicularizou quando soube que ele estava fazendo perguntas sobre Golias. Na verdade, com suas palavras invejosas Eliabe tentava esconder sua covardia. Davi não permitiu que aquelas palavras o entristecesse, pois sabia que era em Deus que devia confiar (1 Sm 17:28-29).

Em segundo lugar, Davi foi desmotivado. O próprio Saul, olhando de maneira racional, também desencorajou Davi: não poderás ir pelejar contra ele (1 Sm 17:33). Mas, ele se esqueceu de colocar Deus na equação. Só olhou para Davi e sua inexperiência. Saul não sabia que estava na frente do futuro rei de Israel, na verdade no maior deles. Não sabia que estava na frente naquele que livraria Israel da mão dos estrangeiros.

Davi já havia experimentado o poder de Deus em sua vida. Ele já havia visto Deus lhe dar forças para derrotar um leão e um urso. O texto quer que suponhamos que ele fez isso por intervenção divina! Agora, via Golias como mais um animal atacando as ovelhas de Israel e queria, como um pastor usado por Deus, lutar contra ele (1 Sm 17:34-37).

Apesar das críticas e conselhos desanimadores, Davi confiou no Senhor e foi! O que você faz diante dos “baldes de água fria” que tentam jogar contra você, quando decide fazer a obra de Deus? Quando decide pelejar e militar no exército do Senhor? Davi não se deixou abater, nem com as críticas das pessoas de sua própria família, nem com a avaliação negativa por parte do rei. Ele estava indo batalhar em nome do Deus vivo. Não dê ouvido aos pessimistas. Não dê ouvidos às críticas invejosas. Não dê ouvidos aqueles que tentarem lhe desencorajar com palavras de desânimo. Confia no Senhor e vai!

Versão Digital

vin_aplictaivo_250px

ATENÇÃO: A forma de distribuição do conteúdo das Lições Bíblicas em formato digital mudou. Leia o AVISO para mais informações.

logo