Gratidão pelo que Cristo fez e faz por nós

Nove leprosos não se lembraram de agradecer a quem os havia curado

 

No capítulo 17 do livro de Lucas, vemos Jesus curando 10 leprosos. Mas apenas um – estrangeiro – voltou para agradecer. “E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? (Lc 17.17)

Trazendo para os nossos dias, imagine as seguintes situações:

Primeiro, em um dia de muita chuva, você entra no ônibus para ir ao trabalho, ele sai do terminal e quando você vai passar pela catraca percebe que esqueceu de carregar o bilhete único. Você abre sua carteira e … nada de dinheiro. Você fica desesperado pensando que terá que andar uma distância enorme até o trabalho ou terá que pegar um Uber, que está com preço altíssimo por causa da chuva. Você decide arriscar e explica a situação ao cobrador. Ele olha pra você, pensa um pouco e libera a passagem da catraca, como cortesia! Que dia mais feliz! Com certeza você vai contar pra todo mundo na sua casa sobre esse bom gesto e vai se lembrar por um tempo do cobrador.

Outra situação: uma das matérias mais difíceis da sua faculdade, você estuda como se não houvesse amanhã e faz a prova precisando de 9. Após longos dias de aflição, o professor lança a nota no sistema: 8,9. “Meu Deus! Tão perto! Não é possível! Fazer exame final por 0,1!” Você decide enfrentar seu medo e vai falar com o professor, que, após ouvir você, decide arredondar sua nota. Que alívio! Você com certeza irá contar a boa notícia para a família, para os amigos e talvez até testemunhar na igreja.

Com certeza você agradece imensamente e espalha a boa obra que o cobrador e seu professor fizeram por você.

Mas será que você agradece imensamente e espalha a boa obra do sacrifício de Cristo na Cruz, que nos redime de todo o pecado e nos torna filhos de Deus por adoção?

Eu confesso minha fé em Cristo, reconheço a soberania de Deus e o agir do Espírito Santo. Contudo, percebi que, assim como os nove leprosos que foram curados no contexto da pergunta de Jesus, não agradecia pelo ato mais belo e poderoso que a humanidade já viu. Vamos agradecer mais?

 

Estevão Cardoso de Oliveira é estudante de Direito e congrega na IAP em Vila Maria (São Paulo, SP)

Versão Digital

vin_aplictaivo_250px

ATENÇÃO: A forma de distribuição do conteúdo das Lições Bíblicas em formato digital mudou. Leia o AVISO para mais informações.

logo