Santidade combina com alegria

O sábado é um dia separado, para nos alegrar no Senhor

Santidade. Basta ouvir essa palavra e muitos cristãos a associam com postura rígida, rosto sem sorriso, mau humor. Nada de boas brincadeiras, conversas informais ou boas piadas. Infelizmente, santidade é muitas vezes associada a um temperamento sisudo, com uma seriedade extrema, sem espaço para gargalhadas e descontração. Porém, será que santidade nos levar a ter uma postura que não nos permite combiná-la com leveza, simpatia e felicidade?

Bom, pelos menos para o Senhor, a alegria é uma boa combinação com santidade. Quando Neemias, numa leitura coletiva da Palavra, junto com Esdras e os levitas, liam e explicavam a Lei do Senhor para uma multidão de homens, mulheres e todos os que podiam entender (Ne 8:1-8), a reação inicial foi o choro. Estavam com saudades de ouvir a Lei. O choro era de quebrantamento pelos seus pecados, por não estarem vivendo de acordo com a Palavra.

Aliás, era um dia sagrado: “se pode deduzir de Levítico 23.23-25 que eles se reuniram ‘no primeiro dia do sétimo mês’, por ser considerado dia do descanso consagrado ao Senhor, provavelmente o festival do Ano Novo. Levítico chama o primeiro dia do sétimo mês de ‘dia de completo descanso’”[1]. Portanto, para muitos, era de se esperar um pedido da liderança ao povo, de rostos fechados e corações entristecidos, entretanto o que a liderança pediu é bem diferente:

“... Este dia é consagrado ao SENHOR, nosso Deus, e por isso vocês não devem prantear nem chorar. (Ne 8:9b) … Portanto, não fiquem tristes, porque a alegria do SENHOR é a força de vocês. (v.10c) Os levitas tranquilizaram todo o povo, dizendo: — Acalmem-se, porque este dia é santo. Não fiquem tristes.” (v.11) Em pelo menos três versículos, ecoa-se o mandamento de se alegrar no dia sagrado.

Quando pensamos no dia do Senhor, o sábado, devemos pensar nesse princípio de Neemias: um dia separado, para nos alegrar no Senhor. Um dia para nos lembrar que nosso Criador é a nossa alegria, e que ele deseja que nossa vida seja uma constante celebração de sua graça salvadora e de uma obediência amorosa. Em Neemias 8, percebemos como santidade e alegria podem caminhar juntas, afinal, como diria C. S. Lewis, “No céu a alegria é levada a sério”.

 

 

 

[1] Neemias 8.1-3, 5-6, 8-10. Disponível em: https://www.luteranos.com.br/textos/neemias-8-1-3-5-6-8-10. Acesso: 31/01/20

Instale o APP

vin_aplictaivo_250px
Estude as Lições Bíblicas a partir do seu celular. Instale o aplicativo, conheça e divulgue para os seus amigos.

google-play  app-store

logo