Dicas da lição 8 – “A falta de fé”

A falta de fé

 

Dicas

01. Para introduzir a lição, leve um quadro com a pergunta: “É possível viver sem fé?” Antes que os alunos ou alunas comecem a responder, indague sobre o significado da palavra “FÉ”: Confiar, acreditar…
(latim fides, -ei) substantivo feminino
Adesão absoluta do espírito àquilo que se considera verdadeiro.
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013.

O professor poderá ver outros significados, ou ainda, pedir aos alunos ou alunas para pesquisarem o significado da palavra durante a semana.

02. Ainda com base na pergunta acima, distribua as perguntas abaixo:
De que forma eu uso a “Fé” (sentido comum- acreditar e confiar) quando:
• Vou ao médico. (Confiar que ele tem a formação para atender)
• Subo em um avião. (Confiar que o Piloto tem a habilidade para voar)
• Vou a um restaurante. (Acreditar que o Chefe sabe cozinhar e não vai colocar nada prejudicial na comida)
• Planejo férias para o fim de ano. (Não sabemos o pode acontecer até chegar lá)
• Leio um livro de História do Brasil. (Acreditar que a informações contidas nos livros aconteceram de fato)

03. Para o Tópico II – Aplicando o Tema, Exiba o vídeo do link a seguir e reflita com os alunos de que forma podemos evitar a falta de Fé em nossa Vida.
https://youtu.be/uTPRr2xLEWg

 

Comentários Adicionais

    1. Não duvidem!
      “Em outras palavras: ‘Não duvidem. Vocês vencerão as batalhas. Alcançarão a vitória. Deus tomará a terra para vocês. Agora vão atrás dela!’. Mas, claro, a falta de fé lhes paralisou os pés, e eles permaneceram onde estavam. Mais tarde, Deus acrescentou: ‘Entretanto, não quisestes subir, mas fostes rebeldes à ordem do SENHOR, nosso Deus; […] Mas nem assim confiastes no SENHOR, vosso Deus’ (v. 26,32).” (MACDONALD, James. Senhor, transforma minha atitude antes que seja tarde demais. Tradução: Jurandy Bravo. São Paulo: Vida Nova, 2015, p. 139).
    2. Um relato pessimista
      “Conquanto os dez espias tenham admitido que a terra manava leite e mel, apressaram-se a falar sobre os grandes obstáculos, sobre as cidades fortificadas e sobre os gigantes. Haviam visto o que pensaram que veriam, e o relataram com crescente pessimismo. De igual maneira aumentou o terror dos israelitas ao ouvirem o relatório”. (HOFF, Paul. O Pentateuco. Tradução: Luiz Caruso. São Paulo: Vida, 2007, p.207).
    3. Arrependimento tardio
      “Arrependeram-se de sua rebeldia e trataram de conquistar Canaã por suas próprias forças, porém já era tarde. Haviam perdido a oportunidade de apossar-se da terra, e somente lhes restava a lúgubre perspectiva de peregrinar mais trinta e oito anos no deserto”. (HOFF, Paul. O Pentateuco. Tradução: Luiz Caruso. São Paulo: Vida, 2007, p. 209).
    4. O juízo é chegado
      “O juízo de Deus foi triplo: (1) a nação vagaria pelo deserto durante trinta e oito anos, totalizando quarenta anos no deserto, um para cada dia que os espias haviam investigado a Terra prometida; (2) durante esse tempo, a geração mais velha, de vinte anos para cima, morreria e, portanto, não entraria na terra, com exceção de Calebe e Josué; e (3) os dez espias incrédulos morreriam por causa de seu relato pecaminoso sobre o que haviam visto (vv. 36-38). (WIERSBE, Warren. W. Comentário bíblico expositivo: Antigo Testamento. Vol. 1. Pentateuco. Tradução: Susana E. Klassen. Santo André: Geográfica editora, 2006, p. 439).
    5. A ingratidão de um povo
      “Quiseram nomear outro líder e voltar para o Egito. Reconheceram que o Senhor os havia conduzido até ali, mas chegaram ao auge dizendo que ele os havia trazido a uma armadilha para matar os homens a espada e fazer suas mulheres e filhos escravos dos cananeus”. (HOFF, Paul. O Pentateuco. Tradução: Luiz Caruso. São Paulo: Vida, 2007, p.208).

Últimas notícias

Downloads

Instale o APP

vin_aplictaivo_250px
Estude as Lições Bíblicas a partir do seu celular. Instale o aplicativo, conheça e divulgue para os seus amigos.

google-play  app-store

logo