Quando os planos não dão certo

Atualmente trabalhamos muito, vivemos um ativismo estressante, que nos faz sonhar com férias para desligar de tudo. Planejamos os detalhes: data de saída, quantos dias em viagem, escolhemos o que cabe no orçamento já apertado,  organizamos a documentação, decidimos que passeios fazer e contamos os dias. Afinal, corremos tanto que merecemos desfrutar desse tempo para nós com nossa maravilhosa família. Se você é como eu, entende que a única forma de se desligar totalmente da sua rotina é ir para um lugar diferente, conhecendo outra cultura ou paisagem. Pode ser uma viagem de apenas alguns dias em um hotel fazenda ou parque aquático, numa cidade charmosa; ou uma viagem com maior duração, na praia ou na serra com chocolate e fondue. Independentemente do tempo ou local, viajar é tudo de bom!

Agora imagine chegar na véspera da viagem e receber uma notícia bombástica: sua viagem foi cancelada! Os voos não estão operando, os hotéis fecharam as portas e as fronteiras entre países e cidades também estão fechadas. Todos devem ficar em casa, pois uma pandemia chegou sem data para ir embora. Infelizmente isso não é um filme de ficção, mas a realidade que temos vivido desde março deste ano. Essa realidade gera frustração e nos faz lembrar do texto bíblico de Provérbios 19:21: “Muitos são os planos do coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor” (Pv 19.21).

Somos movidos a planos e sonhos, e ficamos decepcionados quando aquilo que acalentamos no coração não se realiza, mesmo prevalecendo o propósito do Senhor. Precisamos aprender com Sua soberania pois Ele sabe todas as coisas, nós não. Sempre queremos controlar nossas vidas, mas o atual cenário mundial nos faz entender que, decididamente, não sabemos nada sobre o amanhã. Apenas Deus sabe, e isto basta!

Se por um lado nos sentimos tristes por ver nossos planos cancelados, por outro precisamos pensar nas lições que essa pandemia nos ensina. Antes não tínhamos tempo para conversar direito, agora temos. Pais acelerados se tornaram “professores” auxiliando os filhos nos estudos e criando brincadeiras para passar o tempo. Se olharmos com mais amor para nossos lares, se planos como viajar já eram bons, imagine depois que tudo isso passar, com mais comunhão com aqueles que amamos. No trade turístico, várias campanhas foram lançadas pelo Ministério do Turismo e operadoras, estimulando o turista a adiar o sonho de fazer as malas e remarcar as viagens. Gosto em particular de um lema proposto pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) que diz: “Não cancele seus sonhos, não cancele sua viagem. Apenas adie!’”.

É isso! Nossos sonhos não foram cancelados, mas sim adiados. Quando tudo isso passar, poderemos fazer novos planos, com mais comunhão familiar, mais amor e carinho, mais entendimento da dependência de Deus, de que nosso amanhã está nas mãos dEle. Sonhos não são cancelados, apenas adiados. Pense nisso!

Adriana Cristina Mantelato Coveiro é casada com Ailton Góis Coveiro, agente de viagens e formada em Administração de Empresas. Congrega na Igreja Adventista da Promessa em Jardim América, Jales/SP

Versão Digital

vin_aplictaivo_250px

ATENÇÃO: A forma de distribuição do conteúdo das Lições Bíblicas em formato digital mudou. Leia o AVISO para mais informações.

logo